Fundação Wall Ferraz e SEMDUH firmam parceria para oferta de cursos aos beneficiários do Programa “Minha Casa, Minha Vida”

A geração de trabalho e renda para a população teresinense está no foco das políticas desenvolvidas pela Prefeitura de Teresina, especialmente através de ações que capacitem o cidadão para desempenho de atividades demandadas pelo mercado. Desta forma, a Fundação Wall Ferraz firmou parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), para realizar a capacitação e qualificação profissional dos moradores do Portal da Alegria VI A e Portal da Alegria VI B, na zona Sul de Teresina, beneficiados pelo Programa Habitacional “Minha Casa, Minha Vida”.

Na parceria, a FWF é responsável pela execução do Projeto denominado Capacitação Profissional para a Produtividade e Renda, através da oferta de qualificação para trabalho que inclui realização de cursos com carga horária e recursos didáticos compatíveis com cada ocupação proposta e a devida certificação, e a SEMDUH é responsável pela supervisão e acompanhamento da execução técnica do projeto.

Para o prefeito Firmino Filho, a oferta dos cursos através da FWF e SEMDUH representa o fortalecimento da política de qualificação profissional realizada pelo município. “Estamos sempre buscando alternativas, mesmo nesses momentos de crise, com atração de recursos externos, para garantir as melhorias que os munícipes necessitam. Nesse contexto, a oferta de cursos profissionalizantes é uma ferramenta para que essas famílias possam conseguir qualificação para o mercado de trabalho e para a geração de emprego e renda”, disse o prefeito.

Segundo a Presidente da FWF, Samara Pereira, os cursos contribuirão para a conquista da autonomia produtiva dos beneficiários do programa: “Essa parceria vai possibilitar a oferta de cursos em diversas áreas para os beneficiários do “Minha Casa, Minha Vida” que contribuem para a geração de emprego e renda, seja de maneira autônoma ou para quem busca oportunidade no mercado de trabalho formal. E trazem uma perspectiva efetiva da conquista de uma fonte de renda, favorecendo a sua integração no novo espaço que passa a habitar.

Os cursos ofertados através da parceria foram definidos a partir de Mapeamento de vocações produtivas realizado por empresa especializada. O primeiro projeto, já aprovado pela equipe técnica da Caixa, envolve um aporte de recursos no valor de R$ 319.687,09, e encontra-se na fase de planejamento da execução com definição de locais e horários em que devem ocorrer os cursos, para posterior inscrição dos beneficiários. O segundo projeto, de mesmo valor, deve ser submetido à equipe da Caixa ainda no mês de junho, e ter sua execução iniciada no segundo semestre de 2018.

Ao final dos cursos, os atendidos pelo projeto poderão participar do Workshop de Qualificação Profissional do Balcão do Trabalhador onde terão a oportunidade de se prepararem para os processos de seleção na busca do emprego e inserção no mercado de trabalho e também será realizada uma feira para que os concludentes dos cursos possam mostrar suas novas formas de geração de renda.

Ainda no ano de 2018 a FWF e SEMDUH devem firmar parceria para execução de novos Projetos de Capacitação para geração de trabalho e renda no âmbito do Programa “Minha Casa, Minha Vida”, beneficiando centenas de teresinenses residentes destes conjuntos

Encerramentos de cursos marcam o mês de junho nos Centros de Capacitação da FWF

Até o início de junho, 12 turmas de qualificação profissional do Projeto Profissionalizar Teresina foram encerradas, o que permitiu que mais de 300 pessoas tivessem acesso gratuito à capacitação e qualificação profissional. Até o final do mês, mais 14 turmas devem ser finalizadas totalizando 28. A segunda etapa do programa Profissionalizar Teresina terá início ainda em junho e será realizada em parceria com entidades comunitárias.

Em março deste ano, o Projeto profissionalizar Teresina abriu mais de 600 vagas em 16 cursos profissionalizantes que abrangiam as mais diversas áreas de atuação e oportunizou a qualificação de jovens e adultos de diferentes bairros da cidade. Ao longo de dois meses, instrutores e alunos movimentaram os 12 Centros de Capacitação da Fundação Wall Ferraz, trocaram experiências e vivenciaram dentro e fora da sala de aula momentos de aprendizado constante

“A cada encerramento de curso, nosso sentimento é de que nós, da Fundação Wall Ferraz, demos o nosso melhor e conseguimos levar para a população curso de qualidade, com instrutores capacitados que com certeza fizeram a diferença na vida de cada aluno”, pontua a Gerente de Capacitação da FWF.

“O curso só veio contribuir para a minha formação profissional. Eu escolhi fazer esse curso por ser uma área bastante ampla, expansão e promissora aqui em Teresina”, afirmou Junior Ferreira, concludente do curso de Operador de Call Center, realizado no Centro de Capacitação do bairro Itaperu, zona Norte de Teresina.

Glaucione Costa, aluna do curso de Recepcionista do Centro de Capacitação do Redenção, não mediu esforços em busca de qualificação profissional: “Soube através de uma tia e não posso negar que foi muito difícil estar aqui todos os dias pois eu tenho três filhos pequenos. Mesmo assim não deixei as dificuldades me pararem. Agora eu adquiri minha primeira qualificação e quero seguir nessa área, trabalhar com atendimento ao público, quero fazer outros cursos na área e me inserir no mercado de trabalho”.

Nem mesmo a distância afastou quem vê na Fundação Wall Ferraz uma oportunidade de qualificação profissional e cidadania. Simone Silva, aluna de Vendas do Centro de Capacitação do Dirceu e moradora do Vale do Gavião, viu na distância uma dificuldade, mas não se deixou abater e garante que isso só lhe dará bons resultados: “Eu tive uma grande oportunidade na vida com esse curso. Nossos instrutores eram excelentes e nos motivaram todos os dias a não desistir e buscar cada vez mais qualificação. Recomendo pra todo mundo e já me vejo trabalhando na área”, afirma com empolgação.

Jorge Magno, aluno do curso de Corte de Cabelo e Escova já sonha em montar o próprio negócio ao lado de colega curso: “Minha vontade agora, após a finalização do curso, é de montar meu próprio negócio na área de corte de cabelo e barbearia e crescer profissionalmente”, conclui o aluno do curso de Corte de Cabelo e Escova ofertado no Centro de Capacitação do bairro Matadouro.

Os 16 cursos ofertados em 28 turmas pela Fundação Wall Ferraz nesta primeira etapa do “Profissionalizar Teresina” foram: Agente de Portaria, Eletricista Predial, Assistente Administrativo, Balconista de Farmácia, Recepcionista, Vendedor, Operador de Call Center, Operador de Caixa, Corte de Cabelo e Escova, Depilação, Manicure e Pedicure, Cuidador de Idoso, Operador de Microcomputador, Designer Gráfico, Panificação e Salgadeiro.

Mais de 1700 pessoas são atendidas no mês de maio

As “Ações de Cidadania” fazem parte do cronograma da Fundação Wall Ferraz e levam serviços que promovem cidadania e bem-estar aos teresinenses. No mês de maio, foram realizadas 26 ações especiais dedicadas às mães, que beneficiaram mais de 1700 pessoas com serviços gratuitos que abrangem a área de beleza, desenvolvimento de habilidades artísticas e integração social na comunidade.

No dia 19 de maio, “Ações de Cidadania” foram realizadas simultaneamente em seis Centros de Capacitação da cidade, ofertando serviços de Corte de Cabelo, Esmaltação, Designer de Sobrancelha, Maquiagem e Oficinas de Artesanato em Feltro, Colares de Cerâmica foram distribuídos nos bairros Itaperu, Poty Velho, Parque Brasil, Leonel Brizola, Redenção e Piçarreira.

Nos dias 18 e 25, mães em situação de vulnerabilidade social atendidas pelo Projeto Amor de Tia no Centro de Convivência Saber Viver, localizado no bairro Matadouro, também tiveram acesso aos serviços ofertados pela Fundação Wall Ferraz. No total, 107 atendimentos foram realizados no Centro.

Cristiane Maria, atendida pelo projeto há um ano fala do seu orgulho e felicidade por participar de atividades como esta: “O Amor de Tia só veio a melhorar a minha vida. E eu fico muito feliz com as oficinas que realizei. E também fico muito feliz com essa oportunidade de embelezamento, maquiagem, penteados, proporcionados pela Fundação Wall Ferraz, pois assim a gente tem a oportunidade que nem imaginávamos ter. Só tenho a agradecer mesmo por esses momentos felizes e de aprendizado”, afirma

Foram promovidas ações que viabilizaram a prática de alunos do curso de Corte De Cabelo e Escova do Centro De Capacitação do bairro Redenção, que no dia 26 atenderam o público da CMEI Cirandinha no bairro Cidade Nova, zona sul de Teresina onde puderam demonstrar conhecimentos adquiridos em sala de aula, fazendo com que os alunos se sentissem ainda mais motivados com o curso e oportunizando a realização de serviços que beneficiam a população.

“No mês de maio é sempre muito procurado pelas entidades parceiras para realizarmos ações em homenagem as mães. Tivemos mais de 1700 atendimentos de beleza e oficinas produtivas. São atividades importantes para a comunidade pois levantam a autoestima e favorecem o empoderamento feminino. A Fundação Wall Ferraz trabalha na perspectiva de oferecer serviços de qualidade e de motivação para nosso público”, pontua a Gerente Pedagógica, Thayse Aguiar.

Qualifica Teresina desta segunda será sobre “Vendedor Empreendedor e seu papel no século XXI”

A profissão de vendedor é a mais antiga do mundo e ao longo dos anos passa por transformações constantes no mercado, exigindo cada vez mais do profissional, criatividade e inovação. Jose de Ribamar, o convidado especial desta segunda-feira (04) no Qualifica Teresina, irá abordar o papel do vendedor empreendedor no mercado atual, orientando e dando dicas de como se destacar nesta área adotando posturas e atitudes empreendedoras e criando mecanismos diferenciados de vendas. Também serão divulgadas oportunidades de trabalho através do Balcão do Trabalhador e site Themos Vagas.

José de Ribamar Miranda é Graduado em Ciências Econômicas, Gerente de Planejamento na Secretaria de Estado de Saúde do Piauí e Instrutor de Cursos Técnicos.

O Qualifica Teresina vai ao ar todas às segundas-feiras dentro do programa Cultura Mix Primeira Edição na Rádio FM Cultura de Teresina, 107,9 MHz de 9h às 9:30 da manhã com transmissão ao vivo pela FanPage da Fundação Wall Ferraz no Facebook. Curta e acompanhe: http://bit.ly/FunWallFerraz

FWF faz convocação de instrutores aprovados em processo seletivo

Na manhã desta terça-feira, através da comissão de Seleção de Instrutores, a Fundação Wall Ferraz torna público a 13ª Edital de Convocação do Processo Seletivo Simplificado.

Os candidatos referidos deverão comparecer nos dias 04 e 05 de junho, das 8h às 13h, para apresentação e entrega dos documentos exigidos na sede da FWF, que fica localizada na Praça Marechal Deodoro da Fonseca (Praça da Bandeira), Nº 900, ao lado da Prefeitura. Os convocado que não comparecer no prazo determinado será considerado desistente, sendo automaticamente excluído do Processo Seletivo Simplificado, convocando-se o candidato imediatamente subsequente.

Os instrutores convocados irão atuar ministrando disciplinas nos cursos Bordado à mão e Espanhol Instrumental.

As inscrições para o processo seletivo de instrutores Nº 001/2018 aconteceram de forma eletrônica no site da Fundação Wall Ferraz, no período de 05 a 09 de fevereiro, e o resultado final do processo seletivo foi divulgado no dia 2 de março, no site da Fundação Wall Ferraz.

CONFIRA AQUI A LISTA

Alunos de Corte de Cabelo e Escova realizam atividade prática durante “Ação de Cidadania”

Os alunos concludentes do curso de Corte de Cabelo e escova do Centro de Capacitação do bairro Redenção, participaram neste fim de semana de uma “Ação de Cidadania” especial na Cmei Cirandinha do bairro Cidade Nova, zona Sul de Teresina. Na oportunidade os alunos puderam colocar em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula durante os dois meses de curso.

“As ‘Ações de Cidadania’ fazem parte do cronograma da Fundação Wall Ferraz e levam serviços de beleza e oficinas produtivas para as comunidades de Teresina. Nessa ação tivemos a importante participação de alunas e alunos do Curso de Corte de Cabelo e Escova do Projeto Profissionalizar para Inserir, onde foi um momento de aprendizado prático que fez com que os alunos se sentissem ainda mais motivados”, explica a Gerente de Capacitação da Fundação Wall Ferraz, Thayse Aguiar.

“Desde o início eu fiquei muito curioso para aprender, pois minha mãe já cortava cabelo masculino e feminino e com essa oportunidade da Fundação Wall Ferraz eu pude aprender uma nova profissão. Eu não sabia nada. Aprendi a manusear as máquinas, o secador, a chapinha. Eu sempre trabalhei com arte, com desenhos e agora descobri outra arte. Porque não basta dizer que sabe cortar. É preciso técnica, é preciso saber manusear os equipamentos e com essa atividade de grande relevância para os alunos do curso a gente pode colocar os aprendizados em prática”, afirmou Airton Rubim, 25 anos, aluno do curso de Corte de Cabelo e Escova da Fundação Wall Ferraz.

O Projeto Profissionalizar para Inserir abriu, em março deste ano, mais de 600 vagas em 16 cursos que contemplam áreas de saúde e beleza, gestão e negócios, informática, alimentação e atendimento.

Fundação Wall Ferraz levanta interesse de mulheres por profissionalização

A Fundação Wall Ferraz, em parceria com a Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), lançou uma pesquisa, por meio de questionário, no aplicativo COLAB que tem como objetivo, captar o interesse das mulheres teresinenses por capacitação e qualificação profissional, dentre alguns cursos que serão postos como opção. Esta pesquisa irá subsidiar as ações da FWF nos projetos direcionados ao público feminino em nossa capital, como o Profissionalizar Mulher. Para acessar a pesquisa e enviarem suas solicitações e demandas as mulheres devem baixar o aplicativo COLAB e fazerem um cadastro.

“Essa pesquisa pública da Fundação Wall Ferraz, que está ativa no aplicativo COLAB, tem como objetivo saber quais são as preferências das mulheres em relação aos cursos que serão ofertados. Nós queremos saber quais cursos as mulheres de nossa cidade querem fazer, quais áreas de atuação profissional elas mais anseiam, por isso a importância dessas mulheres participarem da pesquisa e informarem esses dados. Nosso intuito é sistematizar as ações da Fundação Wall Ferraz para a profissionalização de mulheres, buscando uma capacitação inclusiva e que oportunize as mulheres a lutarem por autonomia, incremento de renda e igualdade de direitos já que ela vai ter a mesma qualificação e vai poder estar no mercado de trabalho de igual para igual”, pontuou Heline Silva, Assessora Técnica da Fundação Wall Ferraz.

O Projeto Profissionalizar Mulher, que conta com parceria da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, será relançado neste ano e vai incluir outros cursos de capacitação voltados para mulheres e que devem atender principalmente mulheres em situação de vulnerabilidades social que são atendidas por programas sociais do Governo Federal. Na primeira fase do Projeto Profissionalizar Mulher, de 2013 a 2015, a Fundação Wall Ferraz qualificou mais de 1000 mulheres em diversas áreas, incluindo algumas tidas como exclusivas do universo masculino, como é o caso da Construção Civil.

COLAB tem sido utilizado pela Prefeitura de Teresina desde 2014 e é uma ferramenta criada com o objetivo de conectar pessoas que desejam reportar e divulgar demandas de suas respectivas regiões, servindo como ponte entre a população e o poder público.

Usuários de Android e iOS podem baixar do aplicativo do COLAB gratuitamente em seus smartphones e compartilhar as demandas de seus bairros.

 

 

A importância da comunicação no ambiente de trabalho será discutida no Qualifica Teresina desta segunda (28)

Independente da profissão ou atividade, a habilidade de se comunicar é imprescindível na vida pessoal e dentro de uma empresa. Mesmo assim, muitas pessoas não conseguem se comunicar bem no ambiente de trabalho. Que tipo de impressão isso causa nas pessoas? Como passar credibilidade as pessoas utilizando uma boa comunicação? Por que há tantas falhas na comunicação? O entrevistado do Qualifica Teresina desta segunda-feira (28) responderá a todos estes questionamentos e esclarecerá porque a habilidade de se comunicar bem é uma das mais procuradas por empresas e líderes no mercado atual.

Jefferson Xavier é Arte Educador, Profissional de Marketing, especialista em Marketing e Vendas, Gestão de Pessoas, Practitioner em PNL, coach de comunicação, consultor, palestrante, co-autor dos livros “Líderes em Ação” e “Liberte seu Poder”.

“Apesar da comunicação ser diária, vital e permanente, precisamos aprimorá-la e adequá-la às diversas situações com que nos deparamos. Afinal, a comunicação é fundamental para a socialização e cada momento, evento ou contexto demandam formas diferenciadas de mensagem”, afirma Jefferson Xavier.

O Qualifica Teresina vai ao ar todas às segundas-feiras dentro do programa Cultura Mix Primeira Edição na Rádio FM Cultura de Teresina, 107,9 MHz de 9h às 9:30 da manhã.

Projeto “Profissionalizar para Inserir” é apresentado em solenidade com Prefeito e instituições parceiras

O Projeto Profissionalizar para Inserir, que tem como objetivo qualificar públicos e segmentos em situação de vulnerabilidade social foi lançado na manhã desta terça-feira (22) na sede da Vice-Prefeitura de Teresina. A parceria com instituições sociais e governamentais da cidade vai oportunizar capacitação efetiva e mais inclusiva.

O Prefeito de Teresina, Firmino Filho, que esteve presente na solenidade, ressalta o crescimento da Fundação Wall Ferraz nos últimos anos: “Para nós é uma alegria perceber que a Fundação Wall Ferraz vem crescendo e qualificando os teresinenses com seu trabalho sério e tradicional e também desenvolve projetos que tem como público alvo pessoas mais vulneráveis e que precisam de uma maior atenção do poder público”, pontuou.

“O Projeto Profissionalizar para Inserir representa uma oportunidade para que aquelas pessoas que passaram por algum processo de violação de direitos ou exclusão social possam através da profissionalização descobrir seu potencial, buscando o seu lugar na sociedade e efetivamente despertar a iniciativa sócio produtiva’’, diz a Presidente da FWF, Samara Cristina.

Ao todo, onze organizações sociais e governamentais parceiras vão receber os cursos de qualificação profissional ofertados pela Fundação Wall Ferraz. São elas: Ascamte, Amor de Tia, CAPS III, CAPS AD, CREAS, Casa do Oleiro, Casa Esperança e Vida, Casa do Caminho, Centro de Referência Esperança Garcia, Centro POP e Pestalozzi. Os cursos ofertados vão atender mulheres em situação de vulnerabilidades social, pessoas com deficiência, em situação de rua, em tratamento de câncer, dependentes químicos e jovens que cumprem medias socioeducativas.

Segundo o Gerente Executivo da Casa do Caminho, que atende pessoas em situação de rua, Edson Araújo, as pessoas em situação de rua são extremamente vulneráveis em todos os aspectos de seus direitos sociais: “Hoje a Casa do Caminho oferece serviços que, de alguma forma garantem todos esses direitos e a FWF para coroar esses serviços através da capacitação e oportunidade de empregabilidade, proporcionando novos ares para vida de cada um deles e os enchendo de expectativas fazendo a transformação social de suas vidas.”

Fundação Wall Ferraz convoca nove instrutores aprovados

Mais nove aprovados foram convocados na manhã desta terça-feira (22) para compor o quadro de instrutores da Fundação Wall Ferraz. Os novos instrutores vão atuar nas áreas de Gestão e Negócios Turismo e Lazer, Idiomas, Informática e Confecção Têxtil, ministrando aulas nos cursos de Assistente Administrativo, Operador de Caixa, Organizador de Eventos, Espanhol Instrumental e Confecção do Vestuário.

“Com esta décima segunda convocação de instrutores aprovados por meio de processo seletivo nós renovamos mais uma vez o principal objetivo da Fundação Wall Ferraz, que é proporcionar qualificação profissional ao teresinenses”, afirmou Thayse Aguiar, Gerente de Capacitação da Fundação Wall Ferraz.

Os convocados devem comparecer à sede da sede da FWF – Praça Marechal Deodoro (Praça da Bandeira), n°900, das 07h30min às 13h nos dias 23 e 24 de maio munido dos originais e cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, título de eleitor e comprovante de quitação eleitoral, certificado de reservista (caso seja do sexo masculino), certidão de nascimento ou casamento, comprovante de residência recente e foto 3×4 recente. O candidato convocado que não comparecer no prazo determinado será considerado desistente, sendo automaticamente excluído do Processo Seletivo Simplificado, convocando-se o candidato imediatamente subsequente.

As inscrições para o processo seletivo de instrutores de 2018 aconteceram de forma eletrônica no site da Fundação Wall Ferraz, no período de 05 a 09 de fevereiro, e o resultado final do processo seletivo foi divulgado no dia 2 de março, no site da instituição.

Confira a lista de convocados