Fundação Wall Ferraz abre mais de 200 vagas em cursos realizados em parceria com entidades

Em parceria com entidades, a Fundação Wall Ferraz vai ofertar a segunda etapa de cursos do Projeto Profissionalizar Teresina. Ao todo, são 220 vagas distribuídas em 08 turmas em diferentes regiões da cidade. Os cursos de formação inicial e continuada, destinados principalmente a jovens e adultos de baixa renda, serão realizados de junho a outubro e as inscrições serão abertas na próxima segunda-feira, dia 11.

“Essa segunda oferta dos cursos do Projeto Profissionalizar Teresina, que será realizada com as entidades, favorece a descentralização das atividades realizadas pela FWF e fortalece os processos de educação popular nas comunidades”, pontua Nilza Melo,  presidente em exercício da Fundação Wall Ferraz.

Os cursos ofertados são: Operador De Microcomputador, Corte de Cabelo e Barbearia, Operador de Caixa, Assistente Administrativo, Corte e Costura em Tecido, Organizador e Eventos.

A gerente pedagógica da Fundação Wall Ferraz, Thayse Aguiar, destaca que o objetivo dos cursos e atender as demandas da população em diferentes bairros da capital levando serviços de excelência: “A Fundação Wall Ferraz trabalha em parcerias com entidades comunitárias, que são associações da sociedade civil. Essa nova parceria vai garantir a oferta de cursos que contemplam diversas áreas de atuação e oportunizar mais qualificação para os teresinenses. ”

Para ter acesso a lista completa de cursos e locais de realização e requisitos de escolaridade basta acessar o site da Fundação Wall Ferraz (www.fwf.teresina.pi.gov.br).

Confira aqui o Cronograma

Fundação Wall Ferraz promove oficinas para idosos do Centro Social Pedro Arrupe

A Fundação Wall Ferraz vai ofertar cursos e oficinas aos idosos atendidos pelo Centro Social Pedro Arrupe, localizado no bairro Vermelha, zona Sul de Teresina. Os cursos vão oportunizar qualificação e reforçar a importância do estímulo a iniciação produtiva.

As oficinas e cursos contemplam as áreas de Alimentação, Artesanato e Informática. Atualmente, o Centro Social possui 597 idosos cadastrados e ativos. Estas ações fazem parte do “Programa Começar de Novo”, instituído por lei pela Prefeitura Municipal de Teresina em maio deste ano que visa a qualificação e inserção de idosos no mercado de trabalho. Os cursos devem ter início em junho.

“As expectativas com essa nova parceria são as melhores, pois nosso objetivo não é só oferecer atividades físicas, mas, trabalhar todas as capacidades desses idosos e proporcionar que eles possam desenvolver outros conhecimentos através dessas novas atividades, oficinas e manejo de materiais”, diz a Assistente Social do Centro, Lívia Sousa.

Com os cursos e oficinas para os idosos eles poderão adquirir mais conhecimento e também visualizar uma oportunidade de geração de renda. “Ainda estamos finalizando o cronograma de cursos que devem iniciar no mês junho. Nosso objetivo é estimular esses idosos a iniciarem um processo de qualificação e fomentar seu interesse por novos conhecimentos”, explica a gerente Pedagógica da Fundação Wall Ferraz, Thayse Aguiar.

Após o encerramento dos cursos, os participantes irão receber certificados e terão o resultado dos trabalhos realizados apresentados ao longo do ano em datas comemorativas.

 

 

FWF se reúne com chefes dos centros para articular melhorias na oferta de cursos

Com o intuito de acertar os ponteiros, verificar o andamento das qualificações e ouvir as sugestões e demandas de quem cuida diariamente da execução dos cursos, a equipe gestora da Fundação Wall Ferraz se reuniu na manhã desta sexta-feira (27) com os chefes dos Centros de Capacitação dos bairros que oferecem qualificação profissional aos teresinenses.

“A gente sabe que tem alguns pontos a serem melhorados e é justamente nesses encontros que podemos verificar maneiras de prestar um melhor serviço pra população”, pontuou Thayse Aguiar, Gerente de Capacitação da Fundação Wall Ferraz.

Os chefes de centros também foram incentivados a se conscientizar em relação ao consumo e controle de despesas de água, energia elétrica e telefone, que são itens básicos no dia a dia dos instrutores e alunos matriculados.

A Chefe do Centro de Capacitação do bairro Itaperu, Ingrid Silva, fala da importância de reunir os profissionais que lidam diariamente com a realidade de cada centro de Capacitação: “É muito importante que a gente tenha esses momentos pra fazermos alguns ajustes, tirar dúvidas e saber onde a gente pode melhorar nosso serviço, ressaltou.

FWF vai capacitar profissionais que cuidam de idosos em Teresina

Nos últimos anos tem aumentado significativamente o número de idosos entre os brasileiros. Entre 2012 a 2016 esse crescimento foi de 14,4%, segundo dados do IBGE.  Desta maneira, a Fundação Wall Ferraz, em parceria com as casas e instituições que cuidam de idosos na cidade de Teresina e atendendo a uma solicitação do Ministério Público, vai ofertar o curso de Cuidador de Idoso aos profissionais que já atuam na área.

O curso terá 160 horas/aulas e qualificará 26 profissionais da Casa São José, Lar de Santana, Flores de Maria, Casa de Manain e Abrigo São Lucas e será realizado na sede da Biblioteca Abdias Neves, no horário de 14h às 17h, às segundas, quarta e sexta-feira. A Biblioteca Abdias Neves é mantida pela Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e cedeu temporariamente a sala para a realização do curso.

Para a Presidente da FWF, Samara Pereira, essa qualificação permitirá aos cuidadores atuarem com maior segurança junto aos idosos, pois o curso contempla a formação no âmbito da legislação social e também cuidados com a saúde do idoso na sua integralidade.

Em Teresina, com o crescente número de instituições de Longa Permanência para Idosos em Teresina, é cada vez mais necessário levar formação profissional às diferentes comunidades que cuidam de idosos na capital, de modo que, após qualificados os trabalhadores tenham mais capacidade de prestar bons serviços aos idosos.

“É muito desafiante trabalhar com o idoso e a pessoa deve realmente estar preparada, pois só a prática não é suficiente. É necessário um respaldo teórico para poder realmente atender os idosos da melhor maneira possível”, afirma irmã Cândida, do Lar de Santana, localizado no bairro de Fátima em Teresina.

As instituições de controle social têm sido vigilantes no acompanhamento dos serviços prestados por esses lares. O Ministério Público tem realizado audiências envolvendo representantes dessas casas, bem como de órgãos do poder público que possam contribuir para atendimento às necessidades dos idosos dentro das instituições. A Fundação Wall Ferraz tem participado dessas audiências sob a condução da Promotora Dra. Marlúcia Almeida para tratar do assunto, e assumiu o compromisso de ofertar do curso de Cuidador de Idoso para formar os profissionais responsáveis pelo cuidado e atenção com os idosos dentro dessas instituições.

 

FWF abre inscrições para cursos do projeto Profissionalizar Teresina

Começam nesta segunda-feira (19) as inscrições para os cursos profissionalizantes da Fundação Wall Ferraz em diversos Centros de Capacitação Profissional mantidos pela Prefeitura Municipal de Teresina.  Ao todo, são 622 vagas distribuídas em 27 turmas, nas diferentes regiões da cidade e contemplam as áreas de gestão de negócios, alimentação, infraestrutura, ambiente e saúde, informática e artesanato.

As inscrições são totalmente gratuitas, realizadas nos próprios Centros de Capacitação em que ocorre a oferta de cada curso. É importante que o interessado esteja atento aos critérios de escolaridade e idade estabelecidos e que no momento da escolha do curso tenha clareza sobre a capacitação que melhor se adequa ao seu perfil, para que ao final tenham chances efetivas de buscar uma colocação no mercado de trabalho.

Os cursos do projeto Profissionalizar Teresina serão ministrados por instrutores devidamente capacitados e que foram classificados no processo seletivo da FWF, o que garante elevado nível de qualidade à formação socioprofissional recebida.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CRONOGRAMA COMPLETO

FWF abre inscrições para mais de 600 vagas através do Programa Profissionalizar Teresina

A Fundação Wall Ferraz (FWF) divulgou hoje (14) o cronograma de cursos que serão realizados dentro do Programa Profissionalizar Teresina, nos Centros de Capacitação da Prefeitura, no primeiro semestre. Ao todo, são 622 vagas distribuídas em 27 turmas, nas diferentes regiões da cidade. Os cursos terão início em março e abril e as inscrições serão abertas na próxima segunda-feira, dia 19 de março.

Os 16 cursos ofertados contemplam as áreas de gestão de negócios, alimentação, infraestrutura, ambiente e saúde, informática. Este ano a oferta traz novidades. Uma delas é o curso de Balconista de Farmácia, que hoje tem grande potencial para contratação de profissionais, haja vista o crescimento do segmento farmácias na cidade de Teresina, inclusive com a instalação de grandes redes de farmacêuticas. Outra novidade é o curso de Design Gráfico, que traz amplas possibilidades de atuação profissional no mercado gráfico e computacional, com significativo retorno financeiro.

A Presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira, destaca que os cursos ofertados são de curta duração, com média de três de duração, o que possibilita ao trabalhador que realizá-lo um rápido acesso ao mercado, através da inclusão no mercado formal ou através de iniciativa autônoma, como através dos cursos de corte de cabelo e escova, depilação e salgadeiro.

As inscrições são totalmente gratuitas, realizadas nos Centros de Capacitação em que ocorre a oferta de cada curso. É importante que o trabalhador esteja atento aos critérios de escolaridade e idade estabelecidos. No momento da escolha o trabalhador também deve ter clareza sobre o que melhor se adéqua a seu perfil, para que ao final tenham chances efetivas de buscar uma colocação profissional.

Os 16 cursos são ministrados por instrutores devidamente capacitados e que foram classificados no processo seletivo da FWF, o que garante elevado nível de qualidade à formação socioprofissional recebida.
No ano de 2017 foram mais de 3.000 vagas entre cursos realizados diretamente nos Centro de Capacitação da Prefeitura de Teresina e através de parcerias. Esse ano a expectativa é de manter esse número, haja vista que constitui prioridade para a gestão do prefeito Firmino Filho a qualificação profissional como estratégia de geração de renda e inclusão socioprodutiva dos teresinenses.

Para ter acesso a lista completa de cursos e locais de realização basta acessar o site da Fundação (www.fwf.teresina.pi.gov.br) ou ligar para 3221-6889.

CONFIRA AQUI O CRONOGRAMA FWF 2018_01

FWF realiza Seminário de Formação de Instrutores

A Fundação Wall Ferraz realiza na próxima sexta-feira (16), no Auditório do Edifício Paulo VI, de 8h às 12h, o Seminário de Formação Socioprofissional com o tema: “Educação Profissional e Direitos Humanos”. O evento reunirá os instrutores classificados no edital 01/2018, chefes de centro de capacitação e servidores da FWF.

O Seminário é uma ação inovadora da Fundação Wall Ferraz e tem como objetivo proporcionar ao público presente discussão e reflexão sobre a Educação Profissional e Direitos Humanos e sua relação no âmbito do desempenho educacional e profissional nos aspectos relativos à ética, à igualdade racial, de gênero, identidade de gênero, orientação sexual e intolerância religiosa, visando promover a ampliação do conhecimento dos instrutores que ministrarão os vários cursos e oficinas de capacitação e qualificação profissional propostos para o ano de 2018.

Entre os palestrantes estão Andreia Marreiro Barbosa, professora Ms em Direitos Humanos e Cidadania pela UnB, Bacharelada em Direito, (UESPI), Coordenadora do curso de Especialização em Direitos Humanos Esperança Garcia (FAR), Presidente da Comissão da Verdade da Escravidão Negra da OAB/PI, Laura Maria Andrade de Sousa, Pedagoga, Pró-Reitora, Docente da Ed. Básica e Gestora na Educação Profissional e a  Assistente Social, Profª Mestre em Políticas Públicas e atual Presidente da FWF, Samara Cristina Silva Pereira.

 

 

 

 

FWF realiza certificação no Centro de Convivência do bairro Matadouro

A equipe técnica da Fundação Wall Ferraz, realizou a certificação do curso de Operador de Call Center em solenidade realizada no último sábado, dia 10. Ao todo foram qualificados 48 alunos, jovens atendidos pelo Centro de Convivência Rita de Cássia, localizado no bairro Matadouro, zona Norte de Teresina.

“Os concludentes do curso de Operador de Call Center vão ainda participar de treinamentos e workshops oferecidos pela Fundação Wall Ferraz, através do Balcão do Trabalhador. Nesse treinamento os jovens vão aprender a construir um currículo atrativo e dentre outras coisas a se comportar em uma entrevista de trabalho”, destacou a gerente pedagógica da Fundação Wall Ferraz, Thayse Aguiar.

O Call Center é um dos segmentos de maior ascensão no mercado de trabalho teresinense. Desta forma a FWF auxilia a população na conquista dessas vagas através dos cursos gratuitos oferecidos em toda a cidade.

FWF se reúne com representantes dos Centros de Capacitação

A Gerência de Capacitação da Fundação Wall Ferraz (FWF) se reuniu na manhã desta segunda-feira, 05, com os chefes dos Centros de Capacitação Profissional de Teresina para debater as demandas de cursos de cada região.

Thayse Aguiar, Gerente Pedagógica da FWF destaca a importância de atender as demandas da população em diferentes bairros da capital: “Hoje nós nos reunimos com os gerentes dos Centros de Capacitação, que levantaram suas demandas de cursos e oficinas, que serão atendidas conforme nossa disponibilidade de recursos e materiais”, afirmou.

“As expectativas são as melhores e a gente espera que a população possa aproveitar ao máximo essa oportunidade de se capacitar e facilitar sua inserção no mercado de trabalho, que está cada vez mais exigente”, pontua Ingrid Silva, gerente do Centro de capacitação do bairro Itaperu, zona Norte de Teresina.

Os cursos e oficinas serão ofertados de acordo com a necessidade de cada bairro e com a estrutura dos Centros de Capacitação.

 

 

FWF realiza reunião com instrutoras dos cursos de artesanato

A equipe técnica da Fundação Wall Ferraz (FWF) se reuniu na manhã desta terça-feira, 27, com instrutoras dos cursos de artesanato e atividades manuais para o planejamento de ações de cidadania que vão acontecer no mês de Março nos Centros de Capacitação da Fundação em diversos bairros de Teresina e também em parceria com organizações da sociedade civil e secretarias do município que solicitaram atividades de oficina produtiva para mulheres em Março.

“Essas oficinas produtivas tem como objetivo inserir as alunas em alguma atividade de natureza manual, despertar nessas mulheres a vocação para essas atividades e divulgar as alternativas e opções de cursos que nós temos em nossa grade de cursos na FWF. Durante todo o ano de 2017 nós realizamos várias oficinas de iniciação produtiva e o resultado tem sido bastante positivo”, afirmou Samara Pereira, Presidente da Fundação Wall Ferraz.

“No mês destinados as mulheres o intuito dessas oficinas é despertar vocações para atividades manuais de modo que ao final das oficinas essas alunas tenham interesse em participar dos cursos mais aprofundados de artesanato que são oferecidos pela Fundação, com formação maior e a partir de então  passem a confeccionar esses produtos e gerarem renda”, conclui a gerente de capacitação da FWF, Thayse Aguiar.