Ana Batista sempre demonstrou talento e habilidade para cozinhar. Arrumadinho, cachorro-quente, sopa, hambúrguer: tudo vendido na porta de casa. “Comecei quando tive meu primeiro filho. A tardinha, depois que o sol vai embora e a temperatura fica mais amena, coloco mesas e cadeiras na frente da minha casa e vendo tudo.” Mas com a família aumentando e aluguel pra pagar, todas as despesas da casa já não eram custeadas pelas vendas dos lanches e sem uma renda fixa, Ana sabia que precisava impulsionar seu trabalho autônomo.

Incentivada pela cunhada Ângela Ribeiro, em 2014, fez o curso de Doces e Salgados ofertado pela Fundação Wall Ferraz na AMA (Associação de Amigos dos Autistas do Piauí) do bairro Primavera. Grávida da terceira filha e receosa de não ter como sustentar a família, não pensou duas vezes e decidiu fazer sua matrícula. “Eu sempre pensava que a gravidez não seria um obstáculo, um empecilho pra minhas realizações. Então, enquanto meus filhos mais velhos estavam na escola eu aproveitava para fazer o curso.”

Depois, Ana começou lentamente a buscar novos clientes, mas continuou se aprimorando. Em 2016 a Fundação Wall Ferraz entrou de novo em sua vida. Fez o curso de Confeitaria no Centro de Capacitação do bairro Cerâmica Cil, zona sul de Teresina. Sem nem saber onde ficava exatamente o local do curso, Ana, dessa vez, cogitou não se matricular. “Soube que o bairro era muito distante, mas a vontade de aprender falou mais alto”, conta, lembrando que pegava dois ônibus para ir e dois para voltar. Até mesmo nesse momento aproveitava para adquirir conhecimento com a instrutora que também utilizava o transporte público.

“No início foi difícil, porque as pessoas ainda não conheciam muito bem o meu trabalho com doces e salgados. Comecei fazendo os bolos para a família nas festas de aniversários das crianças. Hoje é gratificante ver meu desenvolvimento, ver como eu melhorei minha produção ao longo desse tempo. E eu não penso em parar. Quero sempre me aperfeiçoar”, conta, empolgada.

Após os cursos pela Fundação Wall Ferraz os números de Ana cresceram. Sua renda aumentou cerca de 80% e ela aceita encomendas de até 2.500 salgados. Os bolos, em sua maioria com temática infantil, chegam a custar até R$ 600,00 dependendo das exigências dos clientes. “Eu não paro. Tudo o que o cliente me pede, eu faço. Faço almoços, lanches, jantar para aniversários de 50 anos, 80 anos, batizados, mas a minha especialidade e fonte principal de renda é mesmo os bolos”.

Aos 34 anos e casada há oito, Ana ressalta que sua maior motivação para ir atrás de seus sonhos e objetivos são os filhos. “Tudo o que eu faço é por eles. Sou extremamente preocupada com a educação das crianças. Graças aos meus almoços, lanches e bolos nós sempre pudemos cumprir nossas obrigações com a escola. ”

Mulher, mãe, esposa, trabalhadora autônoma, Ana tem muitos sonhos: quer casa própria, um espaço adequado para trabalhar e colocar em prática todo conhecimento adquirido. Ela batalha muito pra alcançar isso. Sua rotina é intensa. “Eu viro a noite trabalhando mas não recuso encomendas. Com três filhos, tudo se torna mais trabalhoso. Cuido de casa, ensino dever da escola, lido com birras dos filhos e ainda sou uma esposa dedicada”. Rotina de uma supermulher.

Como ela, muitas outras mulheres que participaram dos cursos de capacitação da Fundação Wall Ferraz contam histórias de superação. Este ano, o Projeto Profissionalizar Teresina qualificou mais de 2 mil teresinenses, em sua maioria mulheres, nos cursos de Corte de Cabelo e Escova, Manicure, e Operador de Call Center e Microcomputador, entre outros.

“A política de qualificação da Fundação Wall Ferraz oportuniza que mães, mulheres, como a Ana explorem seus talentos e sua vocação a partir de capacitação que favoreça seu acesso ao mercado de trabalho”, pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Comentários (2)

  • Jackson

    Minha esposa trabalhar com bolo e salgados, más não tem curso, é muito esforçada trabalhadeira. O nome dela é luzia Rodrigues Pereira

    • Ascom - FWF

      Sr Jackson, aconselhamos que ela acompanhe nossas redes sociais para nossos próximos cursos na área de culinária para produzir mais e gerar renda. Além de participar do nosso Workshop de Orientação Profissional

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).