Fundação Wall Ferraz está com inscrições abertas para o curso de Pré-vendas no Varejo

A parceria entre Fundação Wall Ferraz e a startup Baghome vai ofertar aos teresinenses 20 vagas para o curso profissionalizante de Pré-vendas no Varejo. Os interessados terão até o dia 15 de fevereiro para realizar a inscrição na sede do Balcão do Trabalhador. Os candidatos deverão ter experiência em vendas e conhecimento na área de informática. O curso será realizado no turno da noite no Centro de Capacitação do bairro Vermelha, na zona Sul de Teresina.

Com a formação, os egressos estarão aptos a prestar consultoria de vendas para lojas e magazines, através de um modelo inovador no varejo de moda e também poderão ser recrutados pela empresa Baghome para atuarem como microempreendedores individuais.

“Dentro de uma experiência de formação para uma área especifica que o mercado passa demandar dentro dos novos formatos de relacionamento do segmento de vendas, a Fundação Wall Ferraz irá ofertar uma formação direcionada a uma atividade específica na área de vendas, exatamente visando atender a uma necessidade que o segmento empresarial tem neste momento no ramo da moda. Essa parceria com a empresa Baghome representa uma inovação e articulação que nós buscamos manter entre a formação profissional que é realizada pela prefeitura e o trabalhador que é demandado pelo mercado de trabalho”, pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

O Balcão do Trabalhador fica localizado na rua Firmino Pires, número 379, Centro de Teresina. Para informações, os interessados que cumpram os pré-requisitos também podem ligar para o telefone 3215-7814. O horário de atendimento é de 7h30 às 13h30.

A empresa Baghome, é a única startup do Piauí no segmento de moda que trabalha com a venda diferenciada, atendendo clientes com necessidades específicas previamente cadastrados no site da empresa.

Todos os cursos ofertados pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e garantem capacitação de qualidade aos teresinenses, principalmente jovens e adultos de baixa renda, fomentando a inclusão socioprodutiva, geração de renda e melhoria de qualidade de vida.

 

Fundação Wall Ferraz divulga edital para cadastramento de instrutores

A Fundação Wall Ferraz divulgou na tarde desta segunda-feira (4) o Edital do Processo Seletivo para cadastro de profissionais que irão atuar como em cursos, oficinas, workshops e palestras dirigidas à capacitação e qualificação profissional de trabalhadores. As inscrições serão realizadas no site da instituição [www.fwf.teresina.pi.gov.br] no período de 11 a 15 de fevereiro.

A formação de cadastro acontece para Cursos/oficinas em doze áreas e que englobam mais de 50 cursos, que tem entre as novidades na oferta os cursos de: Assistente de Recursos Humanos, Auxiliar de Almoxarifado, Fotografia Digital e Prevenção de Perdas.

Outra novidade é que será realizado também cadastramento de especialistas com destacado know-how para ministrarem Workshops e Palestras, visando o aperfeiçoamento profissional nas áreas de Gestão Financeira, Gestão de Pessoas, Gestão Estratégica, Gestão de Projetos Sociais, Liderança, Artesanato, Boas Práticas de Alimentação e Moda.

Após a inscrição, o candidato terá de 11 a 18 de fevereiro para entregar a documentação exigida no edital, no horário de 8h às 13h, na Gerência Pedagógica e de Capacitação, localizada na praça Marechal Deodoro, nº 900, Centro de Teresina.

A análise dos currículos será feita por uma comissão de seleção formada por representantes da Fundação Wall Ferraz. Há vagas nas áreas alimentação, ambiente e saúde, artesanato, beleza e estética, confecção têxtil, gestão e negócios, idiomas, imagem, informática e eletrônica, infraestrutura e turismo e lazer.

Serão reservadas às pessoas com deficiência, em caso de aprovação, 5% do total de vagas que vierem a ser oferecidas, para cada cargo, durante o prazo de validade do processo seletivo, desde que a deficiência de que são portadoras seja compatível com as atribuições do cargo.

A remuneração da hora/aula de instrutores com escolaridade correspondente ao Ensino Fundamental e Médio será no valor de R$ 26 e para instrutores com Ensino Superior Completo, desde que na respectiva área do curso para o qual está inscrito, será de R$ 32. Já para workshops e palestras, os instrutores deverão receber R$ 48, haja vista o seu know-how na área.

Para a presidente da fundação Wall Ferraz, Samara Pereira, a seleção de instrutores através do edital permite que sejam recrutados profissionais com um currículo diferenciado e efetivamente estão prontos para atuar na educação profissional, garantindo que a FWF mantenha cursos de qualidade reconhecida.

O resultado parcial do processo seletivo será divulgado no dia 1 de março, nas redes sociais e site da Fundação Wall Ferraz. O resultado final no dia 11 de março, e após o resultado os instrutores classificados para o cadastro de reserva passarão por uma formação pedagógica realizada pela FWF.

 

Confira aqui o edital

 

Balcão do Trabalhador intermedia seleção para vaga de Assistente Administrativo

O Balcão do Trabalhador está intermediando a seleção para vaga de Assistente Administrativo. A vaga é destinada a pessoas com deficiência e com experiência na área administrativa. Os interessados devem comparecer ao Balcão do Trabalhador nesta sexta-feira e também na segunda-feira (4) entre de 7h30 às 13h30 e apresentar os seguintes documentos: RG, CPF, Comprovante de Escolaridade, Comprovante de Endereço com CEP e Currículo atualizado.

O Balcão do Trabalhador fica localizado na Rua Firmino Pires, número 379, sala 138, Centro Sul no Edifício Saraiva Center (mesmo prédio do IPMT). Para informações, os interessados também podem ligar para o telefone 3215-7814.

O Balcão do Trabalhador é um projeto da Fundação Wall Ferraz, criado em 2014, que tem como objetivo prestar orientação profissional e intermediar vagas de emprego junto ao empresariado para a população teresinense. Através de parcerias com empresas privadas já encaminhou centenas de pessoas para o mercado de trabalho, além de realizar atendimento e orientação profissional para os alunos, com palestras, cursos e workshops.

Projetos certificam mais de 200 alunos de cursos profissionalizantes

Mais de 200 alunos dos projetos QualificaTur e Profissionalizar Mulher foram certificados na tarde desta quarta-feira (30). A solenidade que aconteceu no auditório Paulo VI, na Frei Serafim, marcou a nova etapa que se inicia para os alunos concludentes. Juntos, os projetos ofertaram aos teresinenses 225 vagas em 9 cursos profissionalizantes nas áreas de atendimento, alimentação, beleza e mídias digitais. A solenidade foi marcada pela ampla participação dos alunos que encerraram os cursos ainda no fim do ano passado.

Representando o prefeito Firmino Filho, o secretário de governo Raimundo Eugenio destacou a qualificação profissional como um diferencial na prestação de serviços. “A cidade de Teresina tem vocação para prestação de serviços. Temos como vocação a educação e a saúde. Diariamente recebemos em nossa cidade pessoas vindas dos mais diversos cantos do Brasil.  Os dois projetos que aqui estamos certificando mais de 200 pessoas vem pra colaborar para que continuemos a ter destaque pela boa prestação de serviços”, afirma.

“A Fundação Wall Ferraz tem uma preocupação muito grande em oferecer uma formação profissional de qualidade. E essa formação contempla o desenvolvimento de habilidades e competências da dimensão técnica, mas contempla também uma formação cidadã, onde as pessoas tem centralidade e são compreendidas na perspectiva de relação com o mundo do trabalho. Uma das dimensões que temos focado é o desenvolvimento de habilidades sociais, socioemocionais, hoje extremamente requisitado pelo mercado de trabalho”, pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Desenvolvido desde 2014 em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), o projeto QualificaTur já ofertou mais de 600 vagas em cursos profissionalizantes entre eles, Recepcionista o Serviço de Hospedagem, Garçom, Culinária Local e Relações Interpessoais. Em 2018 foram cem vagas nos cursos de Condutor de Turismo Local, Camareira, Doces e Trufas com Identidade Regional e Organizador de Eventos.

Para Eneas Barros, coordenador de turismo da SEMDEC, o projeto amplia a oportunidades de geração de emprego na capital e contribui para a melhoria do atendimento aos turistas que visitam Teresina. “Durante muito tempo se pensou o turismo apenas como uma atividade de lazer. Teresina é uma cidade de negócios e 92% das pessoas que visitam a cidade citam que nossa principal característica é hospitalidade. Então não podemos perder a chance de melhorar cada vez mais os nossos serviços e proporcionar boas experiências para quem nos visita”, diz.

Ana Beatriz , aluna do cursos de Condutor de Turismo Local ressaltou sua alegria em participar do projeto e destacou que já está trabalhando na área. “A formação que recebemos foi fundamental para que eu adquirisse mais conhecimentos e os colocasse em prática atuando agora como condutora de turismo. Espero que esses projetos continuem sendo realizados e ofereçam mais expectativa para a população”, disse.

A secretária executiva da SMPM, Celina Tourinho, parabenizou as novas profissionais e falou sobre os novos passos. “A minha palavra é de parabéns a cada mulher que visitamos nos cursos, a cada mulher guerreira que tinha dificuldade até para chegar ao local do curso, dificuldade de horário, de não ter com quem deixar o filho. Nós mulheres, somos sempre indagadas, questionadas, mas as que estão se certificando hoje tem certeza que estão no caminho das melhores. Agora vamos trabalhar com vocês o empreendedorismo. Capacitadas vocês já estão, mas queremos desenvolver pessoas. Vocês podem trabalhar em algum lugar, mas também podem empreender, usar o material da melhor maneira, comprar, atender da melhor forma”, explicou Celina.

“Começamos o curso com as disciplinas socioprofissionais, mais teóricas.  Somente depois iniciamos a parte prática, o que foi de grande importância para nós alunos porque nós saímos de lá preparados não apenas para o exercer uma profissão mas preparadas para a vida”, disse Lara juliana, aluna do curso de Manicure e Pedicure, ofertado pelo Profissionalizar Mulher no Centro de Capacitação do Parque Brasil.

O Profissionalizar Mulher, realizado desde 2013 em parceria com a SMPM, oferece para as mulheres teresinenses oportunidades de crescimento pessoal e profissional. Com os cursos gratuitos de profissionalização as mulheres beneficiadas tem a chance de aprender uma profissão, se inserir no mercado de trabalho formal ou desenvolver atividades autônomas que favorecem a  autonomia financeira. Os cursos ofertados foram de Salgadeira, Corte de Cabelo e escova, Manicure e Pedicure, Eletricista Predial e Marketing em Mídias Sociais. Um dos diferencias da última etapa do projeto foi a oferta de 25% das vagas para mulheres em situação de vulnerabilidade e risco social atendidas pela Rede de Enfrentamento à Violência em Teresina.

Todos os cursos ofertados pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e garantem capacitação de qualidade aos teresinenses, principalmente jovens e adultos de baixa renda, fomentando a inclusão socioprodutiva, geração de renda e melhoria de qualidade de vida.

 

Fundação Wall Ferraz firma parceria com startup e planeja oferta de 20 vagas para o curso de Pré-vendas no Varejo

Para fortalecer ainda mais a política de qualificação profissional e geração de emprego e renda, a Fundação Wall Ferraz busca ampliar as parcerias com o segmento empresarial e sociedade civil. A nova parceria com a startup Baghome, visa qualificar e consolidar oportunidades de trabalho aos teresinenses.

Ao todo, serão abertas 20 vagas para o curso de Pré-Vendas no Varejo, que será realizado no Centro de Capacitação do bairro Vermelha, zona Sul de Teresina. Os candidatos deverão ter experiência em vendas e conhecimento na área de informática. Com a formação, os egressos estarão aptos a prestar consultoria de vendas para lojas e magazines, através de um modelo inovador no varejo de moda e também poderão ser recrutados pela empresa Baghome para atuarem como microempreendedores individuais. As pré-inscrições vão ser realizadas na sede do Balcão do Trabalhador no início de fevereiro.

“Dentro de uma experiência de formação para uma área especifica que o mercado passa demandar dentro dos novos formatos de relacionamento do segmento de vendas, a Fundação Wall Ferraz irá ofertar uma formação direcionada a uma atividade específica na área de vendas, exatamente visando atender a uma necessidade que o segmento empresarial tem neste momento no ramo da moda. Essa parceria com a empresa Baghome representa uma inovação e articulação que nós buscamos manter entre a formação profissional que é realizada pela prefeitura e o trabalhador que é demandado pelo mercado de trabalho”, pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

O Balcão do Trabalhador fica localizado na Rua Firmino Pires, número 379, sala 138, Centro Sul no Edifício Saraiva Center (mesmo prédio do IPMT). Para informações, os interessados que cumpram os pré-requisitos também podem ligar para o telefone 3215-7814.

A empresa Baghome, é a única startup do Piauí no segmento de moda que trabalha com a venda diferenciada, atendendo clientes com necessidades específicas previamente cadastrados no site da empresa.

O segmento de moda está entre os principais mercados de consumo do pais, movimentando em 2017, cerca de R$ 220 bilhões em receitas anuais com a comercialização de 6,24 bilhões de peças de vestuário, segundo dados do Painel Anual do IEMI (Inteligência de Mercado). Crescendo em receita e volume, este é um segmento que traz chances reais de geração de emprego e renda em todo o país.

Todos os cursos ofertados pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e garantem capacitação de qualidade aos teresinenses, principalmente jovens e adultos de baixa renda, fomentando a inclusão socioprodutiva, geração de renda e melhoria de qualidade de vida.

Fundação Wall Ferraz dispõe de 12 Centros de Capacitação para atender teresinenses

Norte, Sul, Sudeste e Leste. Todas as zonas da cidade de Teresina contam com um ou mais Centros de Capacitação da Fundação Wall Ferraz. Cada Centro e sua estrutura específica contribui diretamente para a realização da formação inicial e continuada ofertada pelo município.

Ao todo, 12 bairros são contemplados. São eles: Itaperu, Leonel Brizola, Matadouro, Parque Alvorada, Parque Brasil, Poty Velho, Cerâmica Cil, Redenção, Vermelha, Dirceu, Piçarreira, Satélite. Nestes Centros podem ser desenvolvidas atividades nas mais diversas áreas de atuação como Alimentação, Beleza e Estética, Gestão, Infraestrutura, Ambiente e Saúde e Informática.

“Os Centros de Capacitação da Fundação Wall Ferraz são de grande importância para o desenvolvimento dos projetos de qualificação profissional que ofertamos. Cada um com sua estrutura, oportunizam que milhares de teresinenses tenham em seus bairros ou redondezas, locais que ofertam gratuitamente cursos que possibilitam descobrimento de potencialidades e desenvolvimento de habilidades para que as pessoas melhorem suas condições de vida”, pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Em 2018, cerca de 15 mil pessoas foram beneficiadas com mais de 50 cursos e oficinas realizados em todas as zonas da cidade. Gratuitos e abertos ao público, os cursos de formação inicial e continuada garante qualificação de qualidade aos teresinenses, principalmente jovens e adultos de baixa renda, fomentando a inclusão socioprodutiva, geração de renda e melhoria de qualidade de vida.

 

Prefeitura de Teresina realiza certificação de alunos concludentes de cursos profissionalizantes

Na próxima quarta-feira (30), os alunos participantes dos programas QualificaTur e Profissionalizar Mulher vão receber certificado de conclusão dos cursos realizados no segundo semestre do ano passado. Juntos, os projetos ofertaram aos teresinenses 225 vagas em 9 cursos profissionalizantes. A solenidade de certificação vai acontecer no auditório da Ação Social Arquidiocesana (ASA), às 16h e contará com a presença do Prefeito de Teresina, Firmino Filho.

Desenvolvido desde 2014 em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), o projeto QualificaTur já ofertou mais de 600 vagas em cursos profissionalizantes entre eles, Recepcionista o Serviço de Hospedagem, Garçom, Culinária Local e Relações Interpessoais. Em 2018 foram cem vagas nos cursos de Condutor de Turismo Local, Camareira, Doces e Trufas com Identidade Regional e Organizador de Eventos. Com os cursos ofertados gratuitamente, a cidade passa a dispor de contingente de profissionais preparados para trabalhar no segmento turístico.

O QualificaTur proporciona que os alunos dos quatro cursos profissionalizantes tenham um novo olhar sobre a cidade de Teresina.

Raimundo Almeida, aluno do QualificaTur, ressaltou sua satisfação em participar de um curso gratuito e com tanta qualidade. “Eu gostei muito do curso e pretendo continuar na área. Achei louvável a iniciativa de termos feito visitas em vários pontos turísticos da cidade. Foi muito importante para que pudéssemos conhecer o local em que vamos prestar nossos serviços. O curso surpreendeu muito, tanto pela qualidade como pelo empenho dos instrutores,” disse.

O Profissionalizar Mulher, realizado desde 2013 em parceria com a SMPM, oferece para as mulheres teresinenses oportunidades de crescimento pessoal e profissional. Com os cursos gratuitos de profissionalização as mulheres beneficiadas tem a chance de aprender uma profissão, se inserir no mercado de trabalho formal ou desenvolver atividades autônomas que favorecem o empreendedorismo e autonomia financeira.

Os cursos ofertados foram de Salgadeira, Corte de Cabelo e escova, Manicure e Pedicure, Eletricista Predial e Marketing em Mídias Sociais. Um dos diferencias da última etapa do projeto foi a oferta de 25% das vagas para mulheres em situação de vulnerabilidade e risco social atendidas pela Rede de Enfrentamento à Violência em Teresina.

“Os cursos de profissionalização realizados gratuitamente pela Prefeitura de Teresina através da Fundação Wall Ferraz, possibilitam a muitos trabalhadores descobrirem potencialidades, desenvolverem habilidades seja através de atividades autônomas e empreendedoras ou mesmo através da colocação no mercado de trabalho formal. Desta forma, cada vez mais a Fundação Wall Ferraz coloca em evidência a importância de oferecer oportunidade para que as pessoas melhorem suas condições de vida”, pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Todos os cursos ofertados pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e garantem capacitação de qualidade aos teresinenses, principalmente jovens e adultos de baixa renda, fomentando a inclusão socioprodutiva, geração de renda e melhoria de qualidade de vida.

Workshop do Balcão do Trabalhador reúne mais de 50 pessoas na manhã desta segunda-feira (21)

Mais de 50 pessoas participaram do Workshop de Orientação Profissional realizado pelo Balcão do Trabalhador na manhã desta segunda feira, 21, no auditório do IPMT. Desenvolvido desde 2014, o Workshop esclarece dúvidas sobre a construção de um currículo atrativo e os processos de seleção das empresas.

Vinculado à Fundação Wall Ferraz, o Balcão do Trabalhador oferece aos teresinenses serviços gratuitos de orientação profissional e intermediação de oportunidades de emprego. Ao final, os participantes tem o currículo cadastrado no banco de dados do Balcão do Trabalhador e recebem certificado de quatro horas/aula.

Eliana Almeida Aires, que está em busca de reinserção no mercado de trabalho, vê no workshop uma possibilidade de se atualizar sobre as exigências das empresas: “Momentos como esse, oferecidos pela Fundação Wall Ferraz, são de grande importância para quem está longe do mercado de trabalho formal e também para quem busca o primeiro emprego. Hoje, todos nós presentes aqui, pudemos nos atualizar sobre o que as empresas buscam quando resolvem contratar um colaborador. Saio daqui muito satisfeita com todo o aprendizado adquirido”, conta.

“Todo mundo tem dúvidas sobre construção de um atrativo e entrevista. Com o workshop a gente busca diminuir ou mesmo sanar essas inseguranças, de modo que os trabalhadores se sintam cada vez mais confiantes ao realizar cada uma das etapas do processo de seleção”, pontuou Átila Araujo, psicólogo e instrutor da Fundação Wall Ferraz.

Para ter acesso aos serviços ofertados pelo Balcão do Trabalhador, basta entrar em contato direto através do telefone 3215 – 7814 ou se dirigir até a sede da instituição, localizada na rua Firmino Pires, número 379, sala 138, no Edifício Saraiva Center (IPMT), Centro Sul de Teresina.

O Balcão funciona de 7h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira.

 

 

Balcão do Trabalhador realiza primeiro workshop do ano

 

Elaborar um bom currículo, enviar por email ou entregar pessoalmente, aguardar a entrevista com os recrutadores. Para quem busca colocação no mercado de trabalho, estar bem preparado para cada uma dessas etapas é um diferencial. E para quem deseja se preparar gratuitamente para os concorridos processos seletivos das empresas, a Fundação Wall Ferraz, por meio do Balcão do Trabalhador realiza o primeiro Workshop de Orientação Profissional de 2019 na próxima segunda-feira (21). O treinamento vai acontecer no auditório do IPMT, a partir de 9h da manhã.

Durante o Workshop serão abordados vários aspectos do processo de admissão, tais como: elaborar um currículo atrativo, marketing pessoal, como se comportar em uma entrevista de emprego e também serão discutidas as perguntas mais frequentes feitas pelos recrutadores. Além disso, os participantes também vão receber informações de como utilizar a internet e as mídias digitais em busca de oportunidades de emprego.

“Com o Workshop a gente busca diminuir as inseguranças dos candidatos que buscam colocação no mercado de trabalho. O ideal é que o candidato seja o mais claro e objetivo possível tanto ao construir o currículo como na hora da entrevista. Nada de mentir, falar de cursos que nunca fez, inventar experiências. Quando você tenta enganar o selecionador dando informações inverídicas já está dizendo que não é uma pessoa confiável. Tudo isso é discutido durante o workshop justamente para preparar as pessoas para todas as etapas de seleção”, afirmou Átila Araújo, psicólogo e instrutor da Fundação Wall Ferraz.

Para ter acesso aos serviços ofertados gratuitamente pelo Balcão do Trabalhador, basta entrar em contato direto através do telefone 3215 – 7814 ou se dirigir até a sede da instituição, localizada na rua Firmino Pires, número 379, sala 138, no Edifício Saraiva Center (IPMT), Centro Sul de Teresina.

O Balcão funciona de 7h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira.

 

Profissionalizar para Inserir é um dos indicados ao Prêmio Piauí de Inclusão Social

O projeto Profissionalizar para Inserir foi indicado ao Prêmio Piauí de Inclusão Social por suas ações realizadas para atender pessoas em situação de risco e vulnerabilidade social. O projeto concorre pela categoria Governamental. O prêmio é uma realização do Sistema Meio Norte de Comunicação e está na 14ª edição.

Desenvolvido desde o ano passado, o projeto ofertou 160 vagas em 5 cursos profissionalizantes, contemplando mulheres em situação de violência, pessoas com deficiência e seus familiares, pessoas em situação de rua, em tratamento de câncer, dependentes químicos e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas. Em sua primeira etapa o projeto ofertou os cursos de Artesanato em Feltro, Artesanato em Mosaico, Artesanato em Papel, Pintura em Tecido, Corte de Cabelo Masculino e Barbearia e Manicure e Pedicure.

Ao todo, onze organizações sociais e governamentais parceiras receberam os cursos de qualificação profissional. São elas: Associação dos Cadeirantes de Teresina (ASCAMTE), Centro de Convivência Saber Viver com o projeto Amor de Tia, CAPS III, CAPS AD, Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), Casa do Oleiro, Casa Esperança e Vida, Casa do Caminho, Centro de Referência Esperança Garcia, Centro POP e Associação Pestalozzi.

O “Profissionalizar para Inserir” representa uma oportunidade de profissionalização para grupos que muitas vezes são desacreditados. O que esses grupos precisam é de motivação e oportunidade para despertarem seus talentos, desenvolverem suas habilidades e progredir profissional e intelectualmente. Essa indicação é mais uma prova do trabalho que a Fundação tem em qualificar e incluir os mais diversos grupos. É um processo contínuo, que tem evoluído paulatinamente e os resultados são benéficos para todos os envolvidos”, pontua Samara Pereira, presidente da Fundação Wall Ferraz.

A solenidade do Prêmio Piauí de Inclusão Social será realizada no dia 31 de janeiro, no Auditório Sucesso, localizado na Av. Frei Serafim às 19h. O evento será transmitido ao vivo pela TV Meio Norte e mostrará a entrega dos prêmios às experiências exitosas na área social, entre empresas, cooperativas, associações, empreendedores individuais, instituições e organizações governamentais e não governamentais.