Os novos instrutores da Fundação Wall Ferraz participaram de um encontro pedagógico na manhã desta sexta-feira (5). Antes de iniciarem os trabalhos em sala de aula, 55 profissionais receberam orientações e informações sobre os serviços ofertados pela instituição, qual o público alvo e os procedimentos pedagógicos que devem ser adotados na execução dos cursos. As aulas dos cursos do Profissionalizar Teresina devem ter início na próxima semana.

A presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira, deu boas-vindas aos instrutores e repassou informações sobre as perspectivas pedagógicas dentro da educação profissional voltada para jovens e adultos, e sobre a dimensão do gênero no processo educativo, considerando que o público alvo dos cursos ofertados pela FWF é de baixa renda e tem dificuldade de acesso à informação.

Elisane Melo, especialista em gestão e liderança empresarial, colaborou com o que chamou de “Diálogo Temático sobre Liderança e Gestão”, onde explanou aos profissionais a importância de buscar conhecer o aluno e em qual realidade ele está inserido. “A partir do momento que eu tenho habilidade e competência para estar em sala de aula, eu preciso saber quem é o aluno que está diante de mim. A formação profissional vai além de ensinar técnicas para as pessoas”, pontua.

“Esse é um momento de formação e de ambientação que a gente promove com os instrutores, onde vamos passar informações acerca do funcionamento, dos objetivos, das metas, da proposta da Fundação Wall Ferraz através dos cursos. Sabemos da importância desses profissionais para a formação dos nossos alunos e buscamos sempre ”, explica a Gerente de Capacitação da Fundação Wall Ferraz, Thayse Aguiar.

Profissionalizar Teresina

No primeiro semestre deste ano, o Profissionalizar Teresina vai ofertar cursos nas áreas de Alimentação, Artesanato, Beleza e Estética, Gestão, Informática, Infraestrutura Mídias Digitais. São eles: Agente de Portaria, Arte e decoração com balões, Artesanato em biscuit, Balconista de farmácia, Corte de cabelo e barbearia, Cuidador de idoso, Depilação, Excel, Limpeza e manutenção de ambientes, Manicure e pedicure, Marketing em mídias sociais, Operador de caixa, Operador de microcomputador, Panificação, Pintor predial, Prevenção de perdas/Fiscal de lojas

Em 2018, o programa Profissionalizar Teresina beneficiou mais de 2 mil jovens e adultos em todas as zonas da cidade levando cursos de formação profissional com possibilidade real de retorno imediato na geração de renda e inserção no mercado de trabalho formal.

 

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).