Qualificação profissional possibilita desenvolvimento pessoal e cidadania

Genezia recebendo os cumprimentos da Assessora Técnica da Fundação, Heline Santos.

“Eu nem sabia ligar um computador. Pedia ajuda para todo mundo quando precisava pesquisar algo. Agora é diferente”, diz Genezia Bezerra, aluna do curso de Operador de Microcomputador realizado no CEU Sul, em Teresina.

Em julho, a Fundação Wall Ferraz lançou o Projeto Capacitação Profissional para Produtividade e Renda, que tem como principal objetivo levar capacitação profissional e cidadania para os beneficiados do programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida”, residentes no Portal da Alegria, zona Sul da cidade.

Genezia Bezerra é uma das 200 pessoas que garantiu sua vaga em um dos oito cursos profissionalizantes ofertados pelo projeto. Estudante de Serviço Social, viu no curso de Operador de Microcomputador, uma oportunidade de adquirir novas habilidades e deixar de ser tão dependente dos amigos e familiares quando o assunto é o uso da tecnologia.

“Sou aposentada e mesmo depois de muito tempo fora da sala de aula, resolvi tentar fazer um curso superior. Deu certo. Hoje curso o último ano de Serviço Social e o curso de Informática que realizo através da Fundação Wall Ferraz, tem me ajudado muito na feitura do meu Trabalho de Conclusão de curso (TCC). Antes eu tinha que pedir ajuda para tudo. Hoje é mais fácil, pois tenho aprendido muito com os ensinamentos dos instrutores. ”

Inicialmente, os oito cursos profissionalizantes contemplam as áreas de Gestão e Negócios, Informática, Infraestrutura, Beleza e Estética e Artesanato São eles: Agente de Portaria, Assistente Administrativo, Vendedor, Operador de Microinformática, Bombeiro Hidráulico, Corte de Cabelo e Escova, Depilação, Decoração com Balões.

“O Projeto Capacitação Profissional para Produtividade e Renda é um grande destaque da Fundação Wall Ferraz. O projeto representa o fortalecimento da política de qualificação profissional realizada pelo município de Teresina. É uma ferramenta importante e vai muito além de ofertar cursos para a população pois dá oportunidade para que as famílias beneficiadas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida se desenvolvam e descubram suas habilidades”, pontuou a presidente da FWF, Samara Pereira.

O Projeto Capacitação Profissional para Produtividade e Renda é fruto de uma parceria entre a Fundação Wall Ferraz e Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

Os cursos ofertados pela Fundação Wall Ferraz são totalmente gratuitos e tem como principal objetivo levar qualificação, capacitação profissional e cidadania para os teresinenses. Os cursos são realizados em 12 Centros de Capacitação distribuídos em todas as zonas da cidade e comtemplam os bairros Dirceu II, Cerâmica Cil, Redenção, Vermelha, Itaperu, Matadouro, Leonel Brizola, Parque Alvorada, Parque Brasil, Poty Velho, Piçarreira e nas sedes das entidades parceiras.

Mercado de trabalho exige novo perfil do profissional Agente de Portaria

Monitoramento do controle de acesso de pessoas, mercadorias e veículos. Essas talvez sejam as principais funções de um Agente de Portaria, mas certamente não são as únicas. Um dos diferenciais é o conhecimento dos sistemas eletrônicos de segurança, como câmeras e alarmes. Em instituições públicas, além de identificar visitantes, o profissional recebe recados e encaminha-os a setores ou pessoas responsáveis, recebe, separa e distribui jornais e correspondências. Quando o assunto é qualificação, o profissional pode fazer cursos voltados para proteção, identificação de indivíduos suspeitos e técnicas de abordagem.

Para o especialista em Segurança Pública e Privada e instrutor da Fundação Wall Ferraz, Evandro Dórea, ser um profissional bem qualificado contribui para a redução do número de acidentes de trabalho, na identificação de riscos e na antecipação às ações dentro do estabelecimento, seja ele público ou privado: Um bom Agente de Portaria deve ser atencioso, responsável, pontual e ter um bom relacionamento humano. Lidar com pessoas de diferentes níveis sociais e intelectuais é uma função diária desse profissional. Portanto, ele terá que saber se relacionar bem com todas elas. Além disso, devemos levar em consideração o volume de investimento e sofisticação tecnológica que são aplicados para segurança e é cada vez mais importante e essencial que a qualificação do profissional acompanhe essa evolução”, pontua.

“Essa é uma profissão sempre requisitada pelo mercado de trabalho, especialmente em Teresina, onde tem se ampliado o número de condomínios e espaços fechados e se requisita uma maior qualificação que é o que nós temos buscado oportunizar através dos nossos projetos de qualificação e capacitação profissional, ” afirma a presidente de Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Este ano, a Fundação Wall Ferraz ofertou cerca de 170 vagas para o curso de Agente de Portaria. O curso aconteceu nos Centros de Capacitação dos bairros Dirceu II, Parque Alvorada, Redenção, Cerâmica Cil e no Conselho Comunitário do Povoado Boa hora através do Projeto Profissionalizar Teresina. O Projeto de Capacitação Profissional para Produtividade e Renda ofertou o curso para os beneficiários do programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida”. O curso foi realizado no Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) do bairro Porto Alegre, zona Sul da cidade.

Todos os cursos ofertados pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e estão distribuídos em todas as zonas da cidade, contemplando as áreas de Alimentação, Ambiente e Saúde, Beleza e Estética, Gestão de Negócios, Informática e Infraestrutura e tem como principal objetivo leva

Qualifica Teresina desta segunda-feira (26) vai falar da atuação do profissional de portaria na proteção patrimonial e controle dos processos

O que é segurança? Como é visto hoje a importância do profissional de segurança patrimonial da área privada? A capacitação é um investimento ou um gasto? A integração entre a Segurança Pública e a Segurança Privada surte o efeito de aumento da sensação de segurança no contexto geral? Esses e outros questionamentos serão respondidos pelo convidado especial, Evandro Dórea, no Qualifica Teresina desta segunda-feira (26). O Quadro vai ar na Rádio FM Cultura, 107,9 MHz a partir de 9h da manhã.

Evandro Dórea é Graduado em Gestão de Segurança Privada (Centro Universitário Estácio da Bahia), Pós-graduando em Segurança Pública (FACEL), Pós-graduando em Docência do Ensino Superior (UNIALPHAVILLE). Atualmente é credenciado como Instrutor de Formação de Segurança Privada pela Polícia Federal (DIREX/SR/DELESP/PF) e presta consultoria em Segurança Privada. Com 14 anos de experiência na área de Segurança Empresarial, já trabalhou em empresas multinacionais e atua no ramo industrial e em diversos seguimentos.

O Qualifica Teresina é desenvolvido pela Fundação Wall Ferraz em parceria com a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom). O quadro vai ao ar todas às segundas-feiras dentro do programa Cultura Mix Primeira Edição na Rádio FM Cultura de Teresina, de 9h às 9h30 da manhã. A rádio pode ser sintonizada na frequência 107,9 MHz e o quadro tem transmissão ao vivo pela página da Fundação Wall Ferraz no Facebook.

Bairros da capital são beneficiados com cursos realizados através de recursos do Orçamento Popular

 

Com recursos oriundos do Orçamento Popular, as comunidades dos bairros Água Mineral, Renascença e o Povoado Formosa, na zona Rural da cidade estão sendo beneficiadas com cursos profissionalizantes. Nesta etapa, foram ofertadas mais de 100 vagas para os cursos de Doces e Trufas, Agente de Portaria, Design de Sobrancelha e Vendedor.

Os cursos são realizados na Associação de Pequenos Produtores do Povoado Formosa, Associação Comunitária dos moradores do bairro Agua Mineral e Fundação Domingos Bezerra Lima.  Na primeira etapa deste ano, as comunidades foram beneficiadas com cem vagas nos cursos de Espanhol, Arte e Decoração com Balões e Manicure e Pedicure, totalizando mais de 200 vagas ofertadas em 2018.

“O objetivo da Fundação Wall Ferraz é oportunizar melhoria de vida para os teresinenses através da qualificação profissional. Essa parceria com o Orçamento Popular vem fortalecendo as nossas políticas de desenvolvimento e levando cursos sugeridos pela própria comunidade. Já são mais de 300 vagas ofertadas neste ano, promovendo qualificação e reforçando o nosso compromisso com os teresinenses”, pontua a Gerente de Capacitação da Fundação Wall Ferraz, Thayse Aguiar.

O Orçamento Popular é um mecanismo implantado pela Prefeitura de Teresina para garantir participação popular na resolução das demandas das comunidades. Por meio dele, a população pode elencar as obras mais importantes em cada região da cidade, como calçamento, asfalto, escola, creche e outros. As propostas elencadas pelas comunidades são analisadas pelo Conselho Municipal do Orçamento Popular, através das comissões deliberativas e após as visitas in locu, analisará as propostas apresentadas para, em seguida, aprová-las e enquadrá-las no Orçamento Municipal.

É instrumento que permite que a comunidade participe de forma ativa e democrática da gestão pública, aproximando gestores e população, que indica, através das entidades comunitárias, quais obras são mais necessárias e urgentes em suas regiões.

Os cursos ofertados pela Fundação Wall Ferraz são totalmente gratuitos e estão distribuídos em todas as zonas da cidade, contemplando as áreas de Alimentação, Ambiente e Saúde, Beleza e Estética, Gestão de Negócios, Informática e Infraestrutura e tem como principal objetivo levar qualificação e capacitação profissional para os teresinenses.

 

QualificaTur oferta oficina de inglês para alunos do curso de Condutor em Turismo Local

Aprender um outro idioma é imprescindível nos dias atuais. Para quem trabalha no setor de turismo, saber outra língua é um pré-requisito importante para quem deseja oferecer serviços de qualidade. Pensando na expansão do setor em Teresina e em promover bons serviços aos que a visitam, o projeto Qualificar vai realizar oficina de Inglês para os alunos do curso de Condutor de Turismo Local.

A oficina será realizada simultaneamente as aulas de Condutor. O objetivo principal é promover a comunicação em língua inglesa, utilizando estruturas, expressões e vocabulário do nível inicial em linguagem oral, de modo a proporcionar mais qualidade aos serviços prestados aos turistas.

“Profissionais do setor de turismo enfrentam um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e exigente. Com a globalização, o conhecimento da língua inglesa tornou-se ainda mais um pré-requisito para quem busca uma boa colocação no mercado de trabalho. Assim, é importante que quem trabalha no ramo de turismo esteja preparado para receber os visitantes e, para isso, é preciso que os profissionais tenham conhecimento em um ou mais em idiomas para que consigam se comunicar com eles”, pontua a instrutora do curso de Condutor de Turismo Local, Flávia Jeany.

A oficina, que teve início ontem (21), será realizada todas as quartas-feiras, das 14h às 16h na Biblioteca Municipal Abdias Neves, localizada na Praça da Bandeira e possui 30 horas/aula e segue até janeiro.

No mês de outubro, a Fundação Wall Ferraz ofertou mais de cem vagas em 4 cursos profissionalizantes para Programa QualificaTur, desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo. O projeto tem como principal objetivo a profissionalização e desenvolvimento sustentável do meio turístico em Teresina, além de promover benefícios culturais e econômicos para a cidade.

Além do curso Condutor de Turismo Local, o projeto QualificaTur oferece os cursos de Camareira, Doces e Trufas com Identidade Regional e Organizador de Eventos. Os cursos acontecem nos Centros de Capacitação dos bairros Itaperu, Parque Alvorada e Vermelha.

O QualificaTur é desenvolvido desde 2014 e já capacitou mais de trezentos teresinenses.

Alunos do curso de Organizador de Eventos recebem palestra da chefe do Cerimonial da Prefeitura de Teresina

O projeto QualificaTur segue com a programação de palestras para os alunos dos cursos profissionalizantes. Desta vez, a turma de Organizador de Eventos recebeu a chefe do Cerimonial da Prefeitura de Teresina, Verônica Coelho. A palestra aconteceu na manhã desta terça-feira (20) no Centro de Capacitação do bairro Vermelha e teve como tema “Cerimonial e Protocolo para Solenidades Públicas”. Na oportunidade, os alunos puderam compreender de forma mais aprofundada as rotinas dentro de um Cerimonial Público e os desafios vivenciados em cada solenidade.

Foto: Ascom FWF

“Foi uma oportunidade para que os alunos compreendessem um pouco sobre os desafios e distinção de cada evento e como um cerimonial bem organizado pode fazer toda a diferença”, pontua Verônica Coelho.

Uma das alunas do curso, Laís Melo, destaca a importância deste momento para sua vida profissional: “Já trabalho com casamento e nele existe um protocolo, mas é diferente do público, é maleável. Foi uma experiência que me enriqueceu muito e foi uma grande novidade”, disse.

Verônica Coelho é Produtora Publicitária e Designer de Moda, Pós-graduanda em Administração e Planejamento Estratégico. Produtora publicitária de cinema e eventos. Atua na área há 12 anos onde já produziu diversas peças publicitárias, filmes e campanhas políticas, além de uma séria Nacional de Tv, que ainda será lançada. Atualmente é chefia o Cerimonial da Prefeitura de Teresina.

“O que me deixa mais feliz é saber que podemos contar a presença de uma profissional, que tem o trabalho consolidado no mercado local. Foi um grande diferencial, proporcionando momentos de interação e trocas de conhecimentos. Tenho certeza que quem ganhará com isso é o mercado, pois terá excelentes profissionais para desempenharem suas funções com muita competência”, afirma a instrutora, Amália Chaves.

Na segunda-feira (26), os alunos recebem uma palestra com Flavio Moura. Jornalista, Especialista em Comunicação Organizacional Integrada e Redes Sociais e Mestre de Cerimônia.

No mês de outubro, a Fundação Wall Ferraz ofertou cem vagas em quatro cursos profissionalizantes do Programa QualificaTur, desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo. O projeto tem como principal objetivo a profissionalização e desenvolvimento sustentável do meio turístico em Teresina, além de promover benefícios culturais e econômicos para a cidade.

O QualificaTur é desenvolvido desde 2014 e já capacitou mais de trezentos teresinenses.

Alunos do curso de Organizador de Eventos recebem palestra da chefe do Cerimonial da Prefeitura de Teresina

O projeto QualificaTur segue com a programação de palestras para os alunos dos cursos profissionalizantes. Desta vez, a turma de Organizador de Eventos recebeu a chefe do Cerimonial da Prefeitura de Teresina, Verônica Coelho. A palestra aconteceu na manhã desta terça-feira (20) no Centro de Capacitação do bairro Vermelha e teve como tema “Cerimonial e Protocolo para Solenidades Públicas”. Na oportunidade, os alunos puderam compreender de forma mais aprofundada as rotinas dentro de um Cerimonial Público e os desafios vivenciados em cada solenidade.

“Foi uma oportunidade para que os alunos compreendessem um pouco sobre os desafios e distinção de cada evento e como um cerimonial bem organizado pode fazer toda a diferença”, pontua Verônica Coelho.

Uma das alunas do curso, Laís Melo, destaca a importância deste momento para sua vida profissional: “Já trabalho com casamento e nele existe um protocolo, mas é diferente do público, é maleável. Foi uma experiência que me enriqueceu muito e foi uma grande novidade”, disse.

Verônica Coelho é graduada em Design de Moda e em Publicidade e Propaganda, Pós-graduanda em Administração e Planejamento Estratégico. Produtora publicitária de cinema e eventos. Atua na área há 12 anos e já produziu grandes peças publicitárias além de uma série de TV nacional. Atualmente é Chefe de Cerimônia da Prefeitura de Teresina.

“O que me deixa mais feliz é saber que podemos contar a presença de uma profissional, que tem o trabalho consolidado no mercado local. Foi um grande diferencial, proporcionando momentos de interação e trocas de conhecimentos. Tenho certeza que quem ganhará com isso é o mercado, pois terá excelentes profissionais para desempenharem suas funções com muita competência”, afirma a instrutora, Amália Chaves.

Na segunda-feira (26), os alunos recebem uma palestra com Flavio Moura. Jornalista, Especialista em Comunicação Organizacional Integrada e Redes Sociais e Mestre de Cerimônia.

No mês de outubro, a Fundação Wall Ferraz ofertou cem vagas em quatro cursos profissionalizantes do Programa QualificaTur, desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo. O projeto tem como principal objetivo a profissionalização e desenvolvimento sustentável do meio turístico em Teresina, além de promover benefícios culturais e econômicos para a cidade.

O QualificaTur é desenvolvido desde 2014 e já capacitou mais de trezentos teresinenses.

 

Aulas práticas do QualificaTur incluem visitas ao aeroporto, praças e passeio de metrô

Os alunos do curso de Condutor de Turismo Local, ofertado pelo programa QualificaTur, vão realizar visitas técnicas em vários empreendimentos e entidades turísticas de Teresina. As visitas vão percorrer a rodoviária e aeroporto, museus, parques, praças, teatros, igrejas, hotéis e um passeio de metrô. No próximo dia 26, os alunos vão conferir de perto os trabalhos em uma agencia de turismo da cidade. A extensa programação deve aproximar os alunos da rotina turística de Teresina e orientar sobre a postura que o profissional deve adotar para conduzir um trabalho receptivo de qualidade.

“Um dos principais assuntos abordados no curso é o turismo como atividade econômica e sustentável. A ideia é fazer com que os alunos abram os olhos para as potencialidades existentes na capital, apresentando os atrativos naturais, culturais e históricos de Teresina”, pontua instrutora da Fundação Wall Ferraz, Flávia Jeany.

Segundo a Gerente Pedagógica da Fundação Wall Ferraz, Thayse Aguiar, as visitas técnicas realizadas pelos alunos devem prepará-los para a realidade da profissão: “A oportunidade que os alunos do curso de Condutor de Turismo Local terão será muito importante para a formação, pois vivenciarão na prática a relevância de seus trabalhos como condutores. Isso fortalece ainda mais os conhecimentos adquiridos durante as aulas teóricas e prepara nossos alunos para realidade profissional”, afirma.

No mês de outubro, a Fundação Wall Ferraz ofertou mais de cem vagas em 4 cursos profissionalizantes para Programa QualificaTur, desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo. O projeto tem como principal objetivo a profissionalização e desenvolvimento sustentável do meio turístico em Teresina, além de promover benefícios culturais e econômicos para a cidade.

Além do curso Condutor de Turismo Local, o projeto QualificaTur oferece os cursos de Camareira, Doces e Trufas com Identidade Regional e Organizador de Eventos. Os cursos acontecem nos Centros de Capacitação dos bairros Itaperu, Parque Alvorada e Vermelha.

O QualificaTur é desenvolvido desde 2014 e já capacitou mais de trezentos teresinenses.

Projeto de capacitação profissional certifica 190 alunos

O Projeto de Capacitação Profissional para Produtividade e Renda certificou 190 alunos concludentes de oito cursos profissionalizantes. Os cursos foram realizados no espaço do Centro Unificado de Esporte e Lazer-CEU/Sul e nos Centros de Capacitação dos bairros Vermelha e Redenção e oportunizaram à comunidade qualificação profissional e como consequência a autonomia financeira.  Proporcionou ainda aos moradores a oportunidade de impulsionar seus currículos profissionais com certificação de cursos com carga horária de longa duração, e assim, competirem no mercado de trabalho com maiores chances na obtenção de trabalho e renda.

O projeto, voltado para beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida, incentivou o empreendedorismo através dos workshops sobre Orientação Profissional realizados pelo Balcão do Trabalhador. Ao final dos cursos os alunos realizaram a Feira de Produtos e Profissões com objetivo de divulgar os serviços e profissões dos alunos, assim como, de moradores do residencial Portal da Alegria VI-B.

A presidente da FWF, Samara Pereira, destacou o sucesso do Projeto: “Não apenas a equipe deu o seu melhor na execução. O grande destaque foi a plena participação e aproveitamento dos alunos e alunas em cada atividade proposta, resulta do em vários eventos com grande sucesso. O desafio é continuar com essa motivação na nova etapa em busca de uma colocação no mercado”, pontuou.

Ao todo, foram disponibilizadas 190 vagas em oito cursos profissionalizantes que contemplaram as áreas de gestão e negócios, informática e estética, beneficiando dezenas de teresinenses residentes no conjunto. Os cursos ofertados foram:  Agente de Portaria, Assistente Administrativo, Corte de Cabelo e Escova, Depilação, Decoração com Balões, Bombeiro Hidráulico, Operador de Microinformática e Vendedor.

“O projeto superou as expectativas com resultados de qualificação de moradores alcançado, trazendo novas perspectivas de atuação profissional”, afirmou o Secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antonio Ayres.

Um dos diferenciais do Projeto foi a assistência prestadas aos alunos que não tinham com quem deixar suas crianças que eram cuidadas pelos recreadores infantis enquanto seus responsáveis realizavam tranquilamente as atividades de capacitação profissional e pudessem ter melhor aproveitamento em sala de aula. Enquanto isso, as crianças usufruíam de momentos de lazer e aprendizado realizando trabalhos de diversos temas, inclusive aqueles relacionados aos cursos em que os pais estavam participando.

Os beneficiários também participaram de diálogos sobre gênero promovidos pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, visando o enfrentamento da desigualdade de gênero e empoderamento feminino.

O Projeto Capacitação Profissional para Produtividade e Renda, desenvolvido pela Fundação Wall Ferraz (FWF) e Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) representa o fortalecimento da política de qualificação profissional realizada pelo município de Teresina, constituindo uma ferramenta para que essas famílias beneficiadas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida possam conseguir qualificação para o mercado de trabalho e para a geração de emprego e renda através de atividades autônomas e empreendedoras.

Qualifica Teresina desta segunda-feira (19) é sobre educação financeira como recurso de produtividade e bem-estar

O que é ter prosperidade? Para resolver a vida financeira basta ganhar mais? Como ter uma vida financeira equilibrada? No Qualifica Teresina desta segunda-feira (19), a convidada Rafaella Fernandes vai responder a estes e outros questionamentos que norteiam a importância da educação financeira.

Segundo Rafaella Fernandes, para ter uma vida financeira equilibrada, é preciso passar por três etapas: um diagnóstico financeiro (ou seja, encarar o estado atual), definir seus objetivos financeiros e traçar um plano de ação. O foco é viabilizar a vida presente e investir em um futuro sustentável ao mesmo tempo.

“A verdadeira prosperidade não é só ter dinheiro e sim, é um equilíbrio entre todas as áreas da vida: financeira, relacionamentos, profissional, intelectual, espiritual, saúde, social. Para resolver a vida financeira não basta ganhar mais, afinal, quantas pessoas ganham na Megasena ou herdam fortunas e ficam pobres novamente? É preciso trabalhar todas as áreas da inteligência financeira que são: educação financeira, controle de gastos, aumento de renda, proteção de patrimônio e multiplicação de recursos e investimentos”, pontua Rafaella.

Rafaella Fernandes é formada em Psicologia pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Especialista em Gestão de Pessoas pelo Centro de Ensino Unificado de Teresina (CEUT), Coach Financeira pelo Instituto Coaching Financeiro (ICF/RJ), Terapeuta e Educadora Financeira pela DSOP (SP).

O Qualifica Teresina é desenvolvido pela Fundação Wall Ferraz em parceria com a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom). O quadro vai ao ar todas às segundas-feiras dentro do programa Cultura Mix Primeira Edição na Rádio FM Cultura de Teresina, de 9h às 9h30 da manhã. A rádio pode ser sintonizada na frequência 107,9 MHz e o quadro tem transmissão ao vivo pela página da Fundação Wall Ferraz no Facebook.