Fundação Wall Ferraz lança agenda de cursos do Projeto Profissionalizar para Inserir

 Em busca de atender segmentos e demandas específicas da população de Teresina, a Fundação Wall Ferraz lança, na manhã desta terça-feira (22) a agenda de cursos do Projeto “Profissionalizar para Inserir” que será realizado em parceria com instituições da cidade realizando uma capacitação efetiva, de qualidade e mais inclusiva.

A solenidade de lançamento dos cursos vai acontecer na sede da Vice-Prefeitura de Teresina, localizada na rua Manoel Nogueira Lima, 1347, no bairro Jóquei Club, zona Leste da capital as 11:00h da manhã e deve contar com a presença dos representantes das instituições e do Prefeito de Teresina, Firmino Filho.

Para Samara Pereira, Presidente da Fundação Wall Ferraz, o Projeto “Profissionalizar para Inserir” representa uma oportunidade de profissionalização para grupos que muitas vezes são desacreditados: “O que esses grupos precisam é de motivação e oportunidade para despertarem seus talentos, desenvolverem suas habilidades e progredir profissional e intelectualmente”, pontua.

O presidente da Ascamte (Associação dos Cadeirantes do Município de Teresina), Wilson Gomes, aprova a iniciativa da Fundação Wall Ferraz e explica a importância de levar capacitação profissional a grupos específicos: “É muito importante levar qualificação para grupos que muitas vezes são vistos como incapazes ou menores. A sociedade e o mercado de trabalho exigem uma maior e melhor qualificação e nós cadeirantes não podemos ficar de fora dessa realidade”, explica.

Ao todo, onze organizações sociais e governamentais parceiras vão receber os cursos de qualificação profissional ofertados pela Fundação Wall Ferraz. São elas: Ascamte, Amor de Tia, CAPS III, CAPS AD, CREAS, Casa do Oleiro, Casa Esperança e Vida, Casa do Caminho, Centro de Referência Esperança Garcia, Centro POP e Pestalozzi. Os cursos ofertados vão atender mulheres em situação de vulnerabilidades social, pessoas com deficiência, em situação de rua, em tratamento de câncer, dependentes químicos e jovens que cumprem medias socioeducativas.

Também estão entre os beneficiados do Projeto “Profissionalizar para Inserir” a juventude negra e a população LGBT da cidade que tem acesso a uma formação inicial e continuada, que visa profissionalização e inserção no mercado de trabalho. O projeto também desenvolve uma política dirigida com base em demandas específicas e construídas de maneira coletiva com as representações de cada segmento para a realização de uma capacitação cada vez mais inclusiva.

Qualifica Teresina vai falar sobre felicidade no ambiente de trabalho

Dentro de uma empresa os trabalhadores sempre buscam bem-estar, acolhimento e oportunidade para desenvolverem suas habilidades e competências. Quando isso não acontece da maneira esperada pode gerar dificuldades e frustrações. Qual importância de fazer o que gosta? Como ser realmente feliz no ambiente de trabalho? De quem é a responsabilidade na felicidade do colaborador? Estes e outros questionamentos sobre a gestão da felicidade no ambiente de trabalho serão respondidos no Qualifica Teresina desta segunda-feira (21) pela convidada especial Samaira Souza.

Samaira Souza é administradora, consultora em Recursos Humanos, especialista em gestão estratégica de pessoas e mestranda em gestão das organizações.

O Qualifica Teresina vai ao ar todas as segundas-feiras dentro do programa Cultura Mix Primeira Edição na Rádio FM Cultura de Teresina, 107,9 MHz de 9h às 9:30 da manhã.

 

 

Fundação Wall Ferraz realiza Ação de Cidadania especial no mês das mães 

As ações de cidadania do mês de maio serão especialmente dedicadas às mães. Serviços que promovem a beleza, desenvolvimento de habilidades artísticas e proporcionam bem-estar e integração social com a comunidade serão levados para os Centros de Capacitação dos bairros Itaperu, Poty Velho, Parque Brasil, Leonel Brizola, Redenção e Piçarreira no próximo sábado, 19, de 8h às 12h.

“As atividades de cidadania levam serviços que valorizam o cuidado pessoal, contribuindo para a elevação da autoestima e despertando habilidades muitas vezes desconhecidas por essas mulheres durante a realização das oficinas produtivas”, pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Raimunda Teixeira, Chefe do Centro de Capacitação do bairro Poty Velho reforça a importância de levar serviços especiais às mães teresinenses: “A população sempre abraça esse tipo de ação, porque envolve a comunidade e todos podem ter acesso a serviços de qualidade e gratuitos. E essa ação é mais que especial pois é em homenagem as mães de Teresina”, ressaltou Raimunda, que em parceria com outras instituições vai ofertar Limpeza de pele e oficina artesanal de colares de cerâmica na Ação de Cidadania deste sábado.

Todas as ações, oficinas e cursos promovidos pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e promovem cidadania, integração, capacitação e qualificação profissional.

 

Fundação Wall Ferraz recebe doação de livros do Senac Piauí

O Senac Piauí realizou a doação de 200 livros didáticos para a Fundação Wall Ferraz. Os exemplares contemplam as mais diversas áreas e servirão como fonte de pesquisa para os alunos e instrutores.

“Esse é um momento de enriquecimento institucional. Iremos disponibilizar o material didático recebido nas nossas Bibliotecas para que tanto nossos alunos como nossos instrutores, possam utilizá-los no processo da educação profissional”, ressalta Samara Pereira, presidente da Fundação Wall Ferraz.

Martha Senna, diretora do Senac Piauí, afirma que a doação é uma oportunidade de contribuir positivamente com a Fundação, “o Senac Piauí possui um excelente material didático. Sem dúvidas esses livros serão bem utilizados e contribuirão para a educação profissional de muitos estudantes”, pontua.

Foto: Ascom Senac Piauí

Projeto “Profissionalizar para Inserir” vai qualificar cadeirantes de Teresina

Em busca de atender as demandas de promoção de capacitação e avançar na perspectiva de inclusão no mercado de trabalho, a Fundação Wall Ferraz, através do projeto “Profissionalizar para Inserir”, vai ofertar oportunidades de ingresso das pessoas com deficiência em turmas específicas de Artesanato em Papel a fim de reforçar a importância do estímulo a iniciação produtiva e empreendedorismo. O curso deve ter início em junho.

Em reunião realizada com representantes da Ascamte (Associação de Cadeirantes do Município de Teresina) e assessores técnicos da FWF foram ouvidas as demandas do grupo e as adequações de horários que devem ser feitas para que o atendimento seja viabilizado.

“Esse curso de Artesanato em Papel, ofertado pela Fundação Wall Ferraz a Ascamte tem como principal finalidade habilitar os cadeirantes para uma atividade produtiva, de modo que após esse curso o grupo possa desenvolver atividades no ramo autônomo, de empreendedorismo, melhorando sua renda, obtendo independência financeira”, pontua a Assessora Técnica da Fundação Wall Ferraz, Elimária Marques.

“O curso na área de artesanato é bastante viável para os cadeirantes que querem uma renda, que querem aprender e empreender”, afirma o presidente Ascamte, Wilson Gomes.

A Fundação Wall Ferraz, que através do projeto “Profissionalizar para Inserir”, também oferece formação inicial e continuada às mulheres vítimas de violência, dependentes químicos, juventude negra e população LGBT, visando sua profissionalização e inserção no mercado de trabalho desenvolve uma política dirigida também aos deficientes com base em suas demandas específicas e construídas de maneira coletiva com as representações do segmento para a realização de uma capacitação mais efetiva e de qualidade.

 

Workshop do Balcão do Trabalhador reúne 47 jovens na manhã desta segunda-feira (14)

A cada dia o mercado de trabalho fica mais exigente e competitivo, e com isso, a procura por profissionais cada vez mais qualificados aumenta. Nesta hora a capacitação profissional se torna um diferencial para quem busca o tão desejado emprego. No Workshop de Orientação Profissional realizado na manhã desta segunda-feira (14) pelo Balcão do Trabalhador, 47 jovens e adultos puderam tirar dúvidas em relação a construção de currículos e entrevistas de emprego.

Marta Aires, que está há três anos em busca de um trabalho formal, vê no workshop uma possibilidade de se atualizar sobre as exigências das empresas: “Momentos como esse, oferecidos pela Fundação Wall Ferraz, são de grande importância para quem está longe do mercado de trabalho formal e também para quem busca o primeiro emprego. Hoje, todos nós presentes aqui, pudemos nos atualizar sobre o que as empresas buscam quando resolvem contratar um colaborador. Saio daqui muito satisfeita”, conta esperançosa.

“Todo mundo tem dúvidas em relação a construção de um atrativo e entrevista. Com o workshop a gente busca diminuir ou mesmo sanar essas inseguranças. O ideal é que o candidato seja o mais claro e objetivo possível tanto ao construir o currículo como na hora da entrevista. Nada de mentir, falar de cursos que nunca fez, inventar experiências. Quando você tenta enganar o selecionador dando informações inverídicas, você já está dizendo que é um mentiroso, que não é uma pessoa confiável”, afirmou Átila Araujo.

A estudante do ensino médio, Jessica Kelly, ressalta a importância do workshop para quem busca o primeiro emprego: “Acredito que esse treinamento vai me ajudar bastante quando eu estiver em uma entrevista, pois agora eu tive realmente uma noção de como esse processo da seleção é realizado e do que as empresas buscam nos candidatos, mesmo aqueles sem experiência”.

O Workshop de Orientação Profissional, realizado a cada 15 dias pelo Balcão do Trabalhador é gratuito e aberto ao público. Neste mês de maio os encontros acontecem no auditório da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) a partir de 9 horas da manhã. Após o treinamento o participante tem o seu currículo cadastrado no banco de dados do Balcão do Trabalhador, vinculado à Fundação Wall Ferraz.

 

Fundação Wall Ferraz divulga a 10ª convocação dos instrutores

A Fundação Wall Ferraz divulga nesta sexta-feira a décima convocação dos instrutores selecionados para atuarem na área de artesanato, ministrando com o curso de artesanato em Cerâmica.

Os candidatos convocados deverão comparecer na Gerência Pedagógica e de Capacitação, na sede da Fundação Wall Ferraz – FWF, com sede na Praça Marechal Deodoro da Fonseca, nº 900, Centro, nos dias 14 e 15 de maio, no horário das 8h às 13h, para apresentação e entrega dos documentos exigidos.

As inscrições para o processo seletivo de instrutores de 2018 aconteceram de forma eletrônica no site da Fundação Wall Ferraz, no período de 05 a 09 de fevereiro, e o resultado final do processo seletivo foi divulgado no dia 2 de março, no site da Fundação Wall Ferraz.

Clique aqui e confira

 Balcão do Trabalhador realiza workshop de orientação profissional nesta segunda-feira (14)

Realizado a cada 15 dias, o Workshop de Orientação Profissional leva aos teresinenses a oportunidade de qualificação e orientação na busca pelo tão desejado emprego. Gratuito e aberto ao público, o treinamento proporciona aos candidatos uma melhor preparação ao enfrentar processos de seleção realizados pelas empresas.
O primeiro Workshop do mês de maio acontecerá nesta segunda-feira (14) no auditório da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) a partir de 9 horas da manhã.
“As empresas, cada vez mais buscam profissionais qualificados, que saibam quais são seus objetivos, que saibam ter desenvoltura na hora da entrevista. Nosso objetivo com o Workshop de Orientação Profissional é levar para quem busca sua inserção no mercado de trabalho experiências e oportunidade de aprender a elaborar um bom currículo e como proceder durante todo o processo seletivo”, explica Layse Sousa, Gerente do Balcão do Trabalhador.
As inscrições são realizadas na sede do Balcão do Trabalhador, localizado na Rua Firmino Pires, 379 – Ed. Saraiva Center, nos horários de 07:30h às 13:30h.


Após o treinamento o participante tem o seu currículo cadastrado no banco de dados do Balcão do Trabalhador, vinculado à Fundação Wall Ferraz, que além da qualificação profissional visa empregabilidade e cidadania aos teresinenses.

Entrevista de Emprego será tema do Qualifica Teresina desta segunda-feira (14)

Fale sobre você. Quais são seus objetivos a curto e longo prazo? O que você procura em um emprego? Você é capaz de trabalhar sob pressão e com prazos definidos? Esses questionamentos tão comuns no momento da entrevista de emprego geralmente causam nervosismo e insegurança nos candidatos, principalmente nos mais inexperientes e menos preparados. E mesmo sendo tão temida, esta etapa do processo de seleção pode ser decisiva na hora da contratação ou não do colaborador. O que as empresas têm exigido hoje na hora de selecionar um novo colaborador e que essas empresas esperam dos candidatos em uma entrevista serão questões discutidas no Qualifica Teresina desta segunda-feira (14) as 9:30h da manhã na Rádio FM Cultura de Teresina.

A convidada especialista desta semana, Samires Barbosa de Almeida, Psicóloga Clínica e Organizacional dará dicas de como o candidato pode se destacar em uma entrevista de emprego, qual deve ser sua postura e como os cuidados com a aparência e vestuário (marketing pessoal), podem fazer diferença no momento da entrevista.

Outro destaque são as oportunidades de trabalho divulgadas no Programa através do Balcão do trabalhador e site Themos Vagas.

O Programa vai ao ar todas as segundas-feiras, de 9h às 9:30h da manhpela rádio FM Cultura, 107,9 MHz e será transmitido ao vivo pela FanPage da Fundação Wall Ferraz no Facebook. Curta e acompanhe: http://bit.ly/FunWallFerraz

Beleza e criatividade são destaque em exposição de peças produzidas por alunas da FWF

Capricho e dedicação são características facilmente notadas nas peças artesanais produzidas pelas alunas dos cursos de Bolsa Artesanal e Corte e Costura do Centro de Capacitação do bairro Parque Alvorada, zona norte da capital. As peças, em exposição durante essa quarta-feira (09), são resultados do trabalho em conjunto das alunas e instrutoras que, ao longo de três meses, trocaram experiências e conhecimento. Ao todo, 40 alunas concluíram os cursos.

Maria do Socorro Pinheiro, instrutora do curso de Corte e Costura oferecido pela Fundação Wall Ferraz em parceria com a Fundação João Alves de Deus (Funjad) ressalta a importância do curso para a comunidade e a empolgação das alunas: “Eu fico bastante feliz em ver as peças prontas, em ver a alegria das meninas em aprender algo novo e em saber que todas estão prontas para trabalhar na área”.

Os cursos oferecem além de qualificação profissional, inserção no mercado de trabalho e oportunidade de empreender. “Essa exposição faz parte do projeto de qualificação profissional e empreendedorismo feminino visa geração de renda e beneficiou mulheres que agora terão oportunidade de trabalhar no mercado formal ou mesmo de maneira autônoma confeccionando seus produtos”, explica a Gerente de Capacitação da Fundação Wall Ferraz, Thayse Aguiar.

Vilna Loureiro, aluna de Corte e Costura, foi diagnosticada com câncer metastático em 2013 e viu no curso uma chance de se capacitar, aumentar a renda e também sua autoestima. “O curso é muito bom e no meu caso além de me proporcionar ter uma renda eu aumentei a minha autoestima e vontade de viver. Participar dessa atividade em grupo só me fez bem”, diz.

A parceria entre a Fundação Wall Ferraz e Funjad já está no quinto ano e garantiu ingresso no mercado de trabalho para mais de 400 jovens e adultos teresinenses.