Workshops, treinamentos e encaminhamentos para o mercado de trabalho. Em Teresina, a população pode contar com um serviço gratuito de orientação profissional que auxilia quem busca um melhor desempenho na hora de enfrentar os processos seletivos das empresas. Neste ano, cerca de 2500 pessoas passaram pelos serviços ofertados gratuitamente pelo Balcão do Trabalhador. Criado em 2014 pela Fundação Wall Ferraz, o Balcão tem como principal objetivo prestar orientação profissional e intermediar oportunidades de emprego para os teresinenses.

Aberto ao público e gratuito, o workshop de orientação profissional é direcionado às pessoas que buscam oportunidade de inserção no mercado de trabalho e fornece aos profissionais orientações e experiências práticas que facilitem os processos de seleção realizados pelas empresas. Os participantes também recebem informações de como utilizar a internet e as mídias digitais em busca de oportunidades de inserção no mercado de trabalho e ao final tem o currículo cadastrado no banco de dados do Balcão do Trabalhador.

Em 2018, o Balcão do Trabalhador realizou 60 workshops de orientação profissional. Desses, 40 foram internos, beneficiando mais de 600 pessoas que buscaram qualificação profissional para enfrentar os processos de seleção das empresas. Durante o treinamento são abordados vários aspectos do processo de admissão, tais como: elaboração de um currículo atrativo, como se comportar em uma entrevista de emprego e marketing pessoal.

Os alunos concludentes dos cursos de profissionalizantes ofertados pela Fundação Wall Ferraz, também participaram do workshop de orientação profissional do Balcão do Trabalhador. Mais de 400 alunos matriculados em cursos como Cuidador de Idosos, Operador de Caixa, Assistente Administrativo e Agente de Portaria participaram do treinamento que aconteceu na sede dos Centros de Capacitação da Fundação Wall Ferraz.

O Balcão do Trabalhador também ofertou o serviço de orientação profissional para pessoas em situação de vulnerabilidade de risco social, como é o caso dos atendidos pela Ação Social Arquidiocesana, (ASA), CRAS, CREAS, CAPS, Centro Pop, Centro de Referência Esperança Garcia e Fazenda da Paz. Nessas instituições foram realizados cerca de 260 atendimentos, beneficiando pessoas em tratamento de dependência química, em situação de rua e mulheres em situação de violência.

No total, o Balcão do Trabalhador realizou cerca de 260 encaminhamentos para o mercado de trabalho. Entre as vagas, podemos destacar Auxiliar de almoxarifado, Design gráfico, Farmacêutico, Gerente de RH, Motorista, Serviços Gerais, Professor de Português, Recepcionista e Técnico em Segurança do Trabalho.

Em agosto deste ano, a Fundação Wall Ferraz realizou a 2ª Feira de Empregos e Negócios. Na oportunidade, o Balcão do Trabalhador encaminhou mais de 900 pessoas para os processos seletivos realizados pelas empresas parceiras presentes no evento. Em novembro, a 1ª Feira de Produtos e Profissões realizada no Portal da Alegria VI-B, encaminhou 20 pessoas para seleção em empresas.

“As atividades realizadas pelo Balcão do Trabalhador proporcionam ao profissional informações que o deixe mais preparado e seguro para enfrentar processos de seleção das empresas. Desta forma, os teresinenses poderão ter maior possibilidade de êxito na conquista de uma vaga. ”, pontua o psicólogo e instrutor, do Balcão do Trabalhador, Atila Araújo.

Para ter acesso aos serviços ofertados gratuitamente pelo Balcão do Trabalhador, basta entrar em contato direto com profissionais que atuam na instituição, que fica localizada na rua Firmino Pires número 379, sala 138, no Edifício Saraiva Center (IPMT), Centro Sul de Teresina. O Balcão funciona de 7h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira. O telefone de contato é 3215 – 7814.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).