Mais duas entidades parceiras da Fundação Wall Ferraz são beneficiadas com ações do Projeto Profissionalizar para Inserir. O curso de Artesanato em Feltro é voltado para pessoas em tratamento de câncer, deficiências múltiplas e seus familiares. A parceria com essas instituições garante que mais um passo para a inclusão seja dado.

O Projeto Profissionalizar para Inserir tem como principal objetivo qualificar públicos e segmentos em situação de vulnerabilidade e risco social oportunizando capacitação e qualificação profissional voltada para o empreendedorismo e autonomia produtiva.

“O curso de Artesanato em Feltro, que será realizado com as entidades parceiras, vai garantir a qualificação de um público especifico, proporcionando atividades e desenvolvendo a interação e socialização entre os alunos, funcionários e familiares das pessoas atendidas pelas instituições” afirmou a presidente em exercício da FWF, Nilza Melo.

A Casa Esperança e Vida é uma entidade civil que atende um total de 100 crianças, adolescentes, adultos e idosos em tratamento de câncer. A Casa garante assistência psicológica e social aos usuários e seus familiares por meio de atividades de sociabilização, celebrações das datas comemorativas durante todo o ano e oferecendo condições para que os usuários com câncer, que se encontram em tratamento tenham uma melhor qualidade de vida.

Ane Caroline, responsável pela entidade afirma que as expectativas são as melhores possíveis com essa parceria: “Com esse curso vai ser possibilitado aos funcionários, usuários e seus familiares a aprendizagem de uma nova habilidade que deve garantir o desenvolvimento pessoal e futuramente uma nova forma de garantia de renda. Ao final, esperamos também que a comercialização dos produtos fruto do curso de Artesanato e Feltro possam custear algumas necessidades da Casa.”

A Associação Pestalozzi é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que presta serviços e realiza atividades que desenvolvem a questão educacional e viabilizando políticas de proteção social para pessoas com Síndrome de Down e múltiplas deficiências e também para seus familiares.

O artesanato em feltro é uma atividade com mateiras de TNT para produção de peças variadas como quadros para quartos de bebê, guirlandas, chaveiros, flores de feltro, arranjos de flores, almofadas, tapetes além muita criatividade. É uma técnica pratica de processo em que os fios são prensados e formam uma trama compacta e resistente. Trata-se de um tecido simples, versátil e barato.

Além da Casa Esperança e Vida e Pestalozzi, o Profissionalizar para Inserir também vai levar qualificação profissional para mulheres em situação de vulnerabilidades social e violência doméstica, pessoas com deficiência, em situação de rua, dependentes químicos e jovens que cumprem medias socioeducativas.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).